Institucional

11 anos do Carisma Shalom em Santa Catarina

comshalom

floripa

Na semana em que Florianópolis comemora 289 anos, a missão da Comunidade Católica Shalom na arquidiocese completa 11 anos. A convite de Dom Murilo Krieger, então arcebispo de Florianópolis, no dia 27 de março de 2004 foi aberta a primeira missão da Comunidade em Santa Catarina.

Os primeiros missionários foram acolhidos nas dependências da Capela Senhor do Bonfim, localizada na cidade de São José, região metropolitana de Florianópolis. A iniciativa de trazer a Comunidade Shalom para a arquidiocese partiu do casal Telçon Vieira e Claudete Vieira.

A partir da experiência com o Carisma Shalom Telçon e Claudete lutaram para que a Comunidade viesse para Florianópolis
A partir da experiência com o Carisma Shalom Telçon e Claudete lutaram para que a Comunidade viesse para Florianópolis

Assim que conheceram o Carisma da Comunidade eles sentiram que a missão precisava estar mais perto e lutaram para que o Shalom viesse para Santa Catarina. “O que me motivou foi a experiência com Deus através do Carisma Shalom. A descoberta do chamado de Deus para a minha vida e a convicção de que Deus tinha um povo que Ele criou Shalom nesta terra”, conta Claudete ao recordar a vinda da Comunidade para a região metropolitana de Florianópolis.

Claudete afirma que hoje ela pode contemplar a vontade de Deus se realizando na missão e que todo o esforço foi válido para que a Comunidade Shalom estivesse mais próxima. “Valeu a pena demais, cada esforço, cada oração, cada dor, cada lágrima, a espera, as expectativas, tudo. Gratidão a Deus por seu imenso amor e por sua fidelidade. Hoje com alegria contemplo ainda as promessas de Deus se cumprindo em nosso meio”.

Após renovar o seu sim a cada ano na Comunidade Shalom como membro de aliança, hoje Claudete se prepara para as promessas definitivas no Carisma Shalom.

Os frutos da missão

A jovem Carla Inês Gonzaga conheceu a Comunidade Shalom assim que a missão chegou à Arquidiocese de Florianópolis, como já estava em um grupo de jovens da paróquia ela não se engajou na Comunidade.

Carla Inês é a primeira vocação da missão a ir para a Comunidade de Vida
Carla Inês é a primeira vocação da missão a ir para a Comunidade de Vida

Um ano depois, sem direção, pois os planos que havia traçado não deram certo, Carla Inês começou a perceber que Deus tinha algo novo para a sua vida. Neste momento ela recebeu o convite de um missionário para cantar em uma missa na Comunidade Shalom. “Quando fui para o primeiro ensaio na casa do Shalom, ao entrar senti algo diferente, senti que Deus me chamava àquela vida”, recorda a jovem.

A partir daquele momento Carla Inês passou a frequentar a Comunidade “encontrei o meu lugar”, conta ela. Em seu coração havia o desejo de saber qual a vontade de Deus em sua vida, mas ela não pensava em ser missionária. “Deus impeliu o meu coração, a minha razão a dar esse passo. Fui entendendo que a minha vida só teria sentido se ela fosse doada aos outros e ofertada para Deus”. Em 2006, dois anos após a vinda da Comunidade para a Arquidiocese de Florianópolis, Carla Inês ingressou no postulantado da comunidade e partiu em missão, atualmente ela está em Araraquara (SP).

Carla Inês, que hoje é consagrada na Comunidade, se diz grata à missão de Florianópolis, “foi onde conheci o Carisma e discerni a vontade de Deus”. Ela recorda que a Comunidade ainda não estava tão estruturada quando ela começou a participar: “Não tinha nada na missão, nem estrutura para grandes eventos. Foi o Carisma ali na vida deles que despertou dentro de mim a semente da vocação que já existia”.

Quando retorna a missão de Florianópolis Carla Inês se alegra ao ver os passos dados pela Comunidade, mas sente que a missão precisa ir mais longe. “A sensação é de urgência, apelo. Conheço os corações desta terra e sei que eles precisam conhecer a Deus”.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *