Formação

A gloriosa vitória

comshalom

“A coisa mais prazerosa de vida é fazer o que as pessoas dizem que você não pode fazer”.
Walter Bagehot – Economista Inglês

     O grande dramaturgo inglês William Shakespeare disse. “O mundo é umpalco onde cada homem tem seu papel. Que a felicidade seja aconsequência”.
Nós tememos o que não conhecemos. Assusta o que não entendemos. O futuro pode ser desesperador e refluir a nossa vida.

     Tudo isso faz parte do esquema psicológico montado pelo sistema dospoderosos para nós não alcançarmos o nosso sucesso e o sentido para avida.
A máquina do sistema é muito poderosa para nós perdermos o nossoalvedrio. A máquina só deseja fabricar marionetes, vaquinhas depresépio e robôs.
Nós temos medo do desconhecido, causa espanto o estranho. O novoincomoda, O enigmático pode causar terror. O sistema não quer vê o seusegredo ser descoberto por nós. A máquina trabalha sem parar em prol donosso enguiço.
Infelizmente, somos condicionados ao convencional, tradicional e a rotina.
Falta coragem e criatividade para mudanças e progressos. O sistema nãodeseja ver a nossa transformação, e nosso ardente fervor para umagloriosa e estupenda vitória.
Existe um projeto de conspiração para impedir a nossa motivação. Asforças do mal fazem de tudo para e liminar a nossa determinação,vontade de vencer, decisão, objetivos e a bendita esperança. O medo e avergonha são ferramentas muito bem usadas pelo sistema contra quem estádeterminado ao trono da glória.
     O sistema não aceita a nossa motivação, daí tenta projetar em nós aderrota, o desânimo e o exemplo de muitas pessoas fracassadas. O filmeque passa para o nosso flagelo é de cenas fatais como: muita pobreza efome violência, doenças, crimes por causa de dinheiro, romancedesfeito, casamento destruído, comércio e pessoas falidas.
O filme mostra pessoas sem sentido na vida e as palavras mortais como:não adianta, não tem jeito, é assim mesmo, nada muda, vai piorar, tudoestá perdido, a crise é o fim e o ser humano está pior do que osanimais-coitados dos animais.
     Tudo isso é projetado para o ser humano não focar as reaispossibilidades e certezas do seu rico tesouros, não saber que existetambém um grande e poderoso projeto que conspira a seu favor. O sistematrabalha para a pessoa focar só no negativo e viver na desgraça, namiséria e na doença. “Do jeito que o capeta gosta”.
Sabemos que o sistema não quer a nossa vitória. Daí o surgimento demuitas lutas, barreiras e obstáculos terríveis. No entanto, nãoconsegue jamais de forma alguma barrar, coibir ou fazer estacionar onosso ímpeto, a nossa garra e o nosso salutar objetivo pela coroa dotriunfo. Com certeza, a nossa vitória é real e concreta.
     Nossa vida é acompanhada de muita oposição e contratempo. Muita gentenão quer a nossa gloriosa riqueza. Mas, para quem confia no Eterno eTodo-Poderoso: “Mil cairão ao teu lado e dez mil a sua direita, mas tunão serás atingido” (Sl 91,7).
“Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor os livra de todas” (Sl 34,19).
Muitas aflições partem daqueles que tem inveja, ciúme preguiça,acomodado, relaxado, pessimista, fracassado, espírito de maldição esuas difamações contra o justo. Todavia, nada absolutamente nada podetirar a grande vitória do justo.
“Ainda que eu caminhe por um vale tenebroso, nenhum mal temerei, poisestás junto à min; teu bastão e teu cajado me deixam tranquilo” (Sl23,4).
O salmista afirma seu sucesso de forma colossal: “O Senhor é meu pastore nada me falta em verdes pastagens me faz repousar. Sim, felicidade eamor me seguirão todos os dias de minha vida” (Sl 23,1 e 6).
     Conhecemos a manobra do sistema e as armadilhas dos seus asseclas.Claro! Também temos armas poderosíssimas de defesa e ataque contra amáquina mortífera. Temos o poder da fé que vence o mundo (1 Jo 5,4).
Jesus Cristo disse: “Eu estou convosco todos os dias até a consumaçãodos séculos” (Mt 28,20). “Eu vos dou poder de pisar serpentes,escorpiões e todo poder do inimigo” (Lc 10,19).

Dois grandes pensamentos nos ajudam nessa guerra a sairmos vitoriosos:
1. “O sucesso na vida depende unicamente de existência e ação”, afirma o grande poeta e filósofo americano Ralph W. Emerson.
2. “A persistência é o caminho do êxito” declara o célebre ator e cineasta Charles Chaplin.
O Mestre de Nazaré afirmou: “Todo o que pede recebe; o que busca acha e ou que bate se lhe abrirá” (Mt. 7,7 e 8).
Os covardes têm inveja dos destemidos e perseverantes.
Os derrotados acomodados não aceitam os que triunfam.
Os malditos que se deviam libertar de suas maldições, vão contemplar os abençoados desfrutarem das suas maiores vitórias.
Os soberbos que foram humilhados pelos seus arrivismos são inimigos dosque venceram com humildade e coleguismo. Aqueles que perseguem osdesbravadores, empreendedores do sucesso recebem como castigo: passar otempo todo na pobreza e assistir a vitória gloriosa dos perseverantes.

NAS GARRAS DA PERSISTÊNCIA

O nosso ataque ao sistema é a denúncia que ele é falível e que podemos alcançar toda a vitória do mundo.
O sistema também sabe que às vezes nos somos o nosso próprio inimigo.Pode ser que a causa da nossa derrota foi o foco no falso psicológicodo impossível, ou seja, nós projetamos a impossibilidade da bênção.Para mudar esse quadro temos que determinar com o poder da palavra dafé, ou seja, focar com o nosso crê na bênção para glória de Deus. Paravencer o “eu”, o inimigo oculto é professar a palavra com fé, crê paraa glória de Deus e focar na bênção compartilhada. Ninguém gosta deperder. Perder dói e faz parte da vida. Porém, permanecer na perdiçãonão é normal, é terrível e não é santa e bendita vontade do bom Deus.
Reconstruir com várias ferramentas para não continuar no fundo do poço.Reconstruir a partir da consciência que é possível dá a volta por cimamudar o que deu errado e começar com novas diretrizes na ciência e natecnologia renovada. Não esquecer nunca de dar sempre o primeiro passopara novas realizações.
Usar ferramentas mais afiadas, avivadas equilibradas. Se armar com mais fé oração, filmes especiais, leitura e meditação.
Se abrir sem reservas para novos conhecimentos, novas amizades, novos campos etc.
Maravilhoso é: juntar as experiências do passado com as novas e delineá-las para o futuro de novas atualizações.

Dois ricos pensamentos para as chamas das grandes vitórias:
1. “O insucesso e apenas uma oportunidade para recomeçar de novo commais inteligência”, declara com muita experiência o industrialamericano Henry Ford.
2. “As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram ascircunstâncias de que precisam e, quando não as encontram as criam”,afirma o criador da dramaturgia moderna de língua inglesa o irlandêsGeorge Bernard Shaw.

Acredite sempre na sua potencialidade, fé em Deus e nas garras depersistência. Não pare, não olhe para trás, não escute conselhosnegativos e jamais aceite o autômato do sistema.
Saiba muito bem, que temos vários mecanismos para a nossa empreitada: afé em Deus, a nossa determinação, bons amigos, associação ouinstituição, paciência e a sabedoria.
Vamos terminar com o pensamento excelente do grande missionário e doutor dos gentios São Paulo Apóstolo:
“Tudo posso naquele que me fortalece” (Fl 4,13).
“Sim, podemos”. Temos a fortaleza da fé e da vontade!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *