Formação

A Igreja é só dos padres?

comshalom

Dom Benedito de Ulhôa Vieira

Há mais de vinte anos, lembro-me de ter escrito, com este mesmotítulo, pequeno artigo no saudoso “Compasso”. Para quem sabe que aIgreja é comunhão, a saber: união comum das pessoas que têm a mesma fée vivem, à luz do Evangelho e do Espírito Santo sob a jurisdição dopróprio bispo, é fácil compreender que a Igreja não é só dos padres.

Hoje, pela extensão territorial ou pela enormidade dos prédios dearranha-céus, fica difícil fazer da paróquia verdadeira comunidade defé e de amor fraterno, sob a orientação pastoral do pároco.

A paróquia, pelo que a Igreja ensina e deseja, é comunidade depessoas – uma família de Deus – não uma ignota massa humana. O ideal étransformá-la em colméia ativa, centro animador de agentes leigos,compenetrados de sua honrosa missão de apóstolos.

É sob este foco animador de tarefas bem distribuídas que o padre temuma insubstituível função. Se a paróquia se renova ou já se renovou emnecessária comunhão de pessoas, todas imbuídas de sua missão deapóstolos, isto é, de ministros não-ordenados, o papel do padre será ode animador e líder desta colméia alegre, laboriosa e diversificada.Parece-me este o ideal do Papa Paulo VI na “Evangelii Nuntiandi” (nos70 e 73). Assim idealmente instalada, o padre tem seu nobre papel deinspirador, animador, testemunha e coordenador da comunidade de leigos.

Não sei se é necessário lembrar que os fiéis convictos de suaresponsabilidade laical e de sua missão na messe de Senhor, não podemapresentar-se como donos da igreja, como também não o é o padre. Massim apóstolos por força do sacramento da crisma já recebida no e,portanto, apóstolos leigos no mundo. Assim colocada a doutrinaeclesiológica, a resposta ao provocante título deste artigo se tornaclara como o sol. O dono da Igreja só pode ser o Senhor Jesus.

Igreja viva, Igreja – comunhão não será só do padre. Só se podesentir a vida de uma comunidade, se nela florescerem vários carismas,muitos apóstolos dedicados, sob a liderança do padre, que o bispocolocou à frente da comunidade enriquecida de carismas vários. É oesforço pastoral do padre que se vai exigir para este idealeclesiológico atual: Igreja comunidade fraterna e apostólica, tendo àfrente o padre servidor e dedicado.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *