Formação

A vida em plenitude

comshalom

Freqüentemente Jesus falava em parábolas e usando imagens.Era um modo simples e eficaz de ensinar as verdades mais profundas, das quaisele era portador. Esta Palavra de Vida faz parte da história do pastor com oseu rebanho, uma alegoria que lembrava cenas do dia-a-dia, bem familiares aosouvintes de Jesus. Ele chama a atenção para os ladrões e malfeitores que, comolobos vorazes, atacam e dispersam o rebanho. Enquanto que ele se compara a umbom pastor, que realmente se importa com as próprias ovelhas, guiando-as edefendendo-as até o ponto de enfrentar a morte, se necessário for!

 Mas em Jesus, para além da parábola, isto se tornarealidade: ele realmente morreu na cruz "para que tenhamos a vida"1.

 "Eu vim para que tenham vida."

 Ele veio porque o Pai o enviou para nos trazer a sua vidadivina. De fato, Deus amou o mundo a tal ponto que deu o seu Filho para quetodo o que nele crer não morra, mas tenha vida eterna2.

 A vida que Jesus veio nos trazer não é a simples vidaterrena que recebe-mos dos nossos pais. Com efeito, a vida que ele nos doa é"vida eterna", ou seja, é participação na sua vida de Filho de Deus,é a acolhida na comunhão íntima com Deus: é a própria vida de Deus, que Jesuspode nos comunicar porque ele mesmo é a Vida. Foi o que ele disse: "Eu soua Vida"3 que "todos nós, de sua plenitude, recebemos4."

 Mas nós sabemos que a vida de Deus é o amor.

 Jesus, Filho de Deus que é Amor, vindo a esta terra, viveupor amor e nos trouxe o mesmo amor que arde nele. Ele doa a nós a mesma chamadaquele incêndio infinito e nos quer cheios de "vida", da vida queele vive.

 ". e a tenham em abundância."

 Uma vez que Jesus não só possui a vida, mas "é" aVida, ele pode doá-la com abundância, assim como doa a plenitude da alegria5.

 O dom de Deus é sempre desmedido, infinito e generoso comoDeus. Desse modo ele vem ao encontro das aspirações mais profundas do coraçãohumano, da sua fome por uma vida plena e sem fim. Somente ele pode saciar odesejo de infinito. Porque a sua vida é "vida eterna", um dom não somentepara o futuro, mas para o presente. A vida de Deus em nós já começa desde agorae nunca mais morre.

 Como se pode não lembrar aqueles cristãos realizados que sãoos santos? Eles se apresentam tão ricos de vida que chegam a transbordá-la aoseu redor.

 De onde vinha o abraço universal de Francisco de Assis,capaz de acolher os pobres, de encontrar-se com o Sultão, de reconhecer irmãose irmãs em cada criatura? De onde nascia o amor concreto de Madre Teresa deCalcutá, que se fez mãe para cada criança abandonada e irmã de toda pessoamarginalizada? Eles possuíam uma vida extraordinária, a vida que Jesus lheshavia doado.

 "Eu vim para que tenham vida, e a tenham emabundância."

 Como podemos viver esta Palavra de Vida?

 Acolhendo a Vida que Jesus nos doa e que já vive em nós pormeio do batismo que recebemos e pela nossa fé. Essa Vida pode sempre crescer àmedida que amamos. É o amor que faz viver. Quem permanece no amor – escreve sãoJoão – permanece em Deus6, participa da sua mesma vida. Sim, porque se o amor éa vida e o ser de Deus, o amor é também a vida e o ser do homem. E o inversotambém é verdade: todas as vezes que não ama-mos, nós não vivemos.

 Disso é testemunha eloqüente a partida para o céu de RenataBorlone, uma focolarina para a qual foi iniciado há poucos meses o processo debeatificação. Ao receber a notícia da morte iminente, ela a aceitou de todo ocoração, como vontade de Deus, e disse que desejava testemunhar que "amorte é vida", é ressurreição, e se propôs, com a ajuda de Deus, a daresta demonstração até o fim. E ela o conseguiu, transformando assim um eventode luto num tempo de Páscoa, de Vida.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *