Formação

A Virgem Anunciada

comshalom

Cassiano Rocha Azevedo
Missionário da Com. Católica Shalom

Descrição

Vemos nesta obra de arte uma jovem com túnica vermelha e umvéu muito tênue e suave em azul sobre sua cabeça, que cobre inteiramente osseus cabelos. Com a mão esquerda ajusta o véu e a mão direita tem a palmasuavemente erguida. Seu olhar vago parece atraído por um ponto fixo, nãovisível fisicamente. Seu rosto é de uma impressionante limpidez, clareza epureza.

Ela parece estar sentada ou acabou de erguer-se. Há uma mesadiante de si com um suporte de livros em madeira. Sobre o suporte, um livroaberto com duas páginas ainda a abrir-se totalmente.

A luz que vem do noroeste a sudeste iluminando o véu, orosto, o pescoço, mãos, mesa, o suporte e o livro. O fundo é totalmente escuro.

Interpretação

Toda a obra está baseada em Lc 1,26- 38. A jovem que vemos é Mariade Nazaré e o nome da obra se refere ao mistério da Anunciação, “A Anunciada”,ou seja, Antonello a representou justo no momento da anunciação. A túnicavermelha representa a humanidade, e o véu azul, a divindade.

Maria está meditando nas Escrituras. A representação daBíblia e do suporte vieram do século XVI, pois na época de Nossa Senhora oslivros sagrados eram em papiros ou pergaminhos.

A aparição do anjo se dá justamente quando ela ora com aPalavra. A Bíblia não diz especificamente como se deu a aparição. A Bíblia estáaberta com duas páginas que ainda vão virar. A página da história vai virar como seu sim.

Nesta obra, Antonello enfatiza a intervenção do Anjo emvisão intelectiva. Este tipo de visão só pode vir de Deus, pois age no intelecto(uma área nobre do homem que não se corrompeu com o pecado). Já a visãoimaginativa e a física podem vir de Deus, do próprio homem ou do demônio.

 O seu olhar vago estácentralizado num ponto fixo que se situa não fora de si, mas em seu interior.Os homens veem as aparências, Deus vê o interior do homem. Tudo acontece nointerior.

E é no interior que ela vê e escuta o anjo: “Alegra-te cheiade graça, o Senhor está contigo”. Ela ficou intrigada com a saudação, recolhe ovéu para melhor captar ao que tudo indica, não uma voz exterior, mas umalocução interior.

“Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus.Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Eleserá grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o tronode seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não teráfim.”

Maria perguntou ao anjo: “Como se fará isso, pois nãoconheço homem?”

Respondeu-lhe o anjo: “O Espírito Santo descerá sobre ti, ea força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso, o ente santo quenascer de ti será chamado Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, até elaconcebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida porestéril, porque a Deus nenhuma coisa é impossível.”

Então disse Maria: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se emmim segundo a tua palavra”. E o anjo afastou-se dela.

Nesse momento, vemos o Espírito Santo a iluminá-la clareandoo véu, pois a sombra do Altíssimo é luz.

A palma de sua mão direita se ergue suavemente num sinal defé assumindo a graça, pois para Deus nada é impossível.

A cor azul do véu significa a divindade que cobre a suahumanidade representada pelo vermelho da túnica.

O azul e o vermelho nesta tonalidade indicam também arealeza. Maria é livre enquanto serva do Senhor e também dos homens, pois logoem seguida, viaja às pressas para servir sua prima Isabel. No reino de Deusquem serve reina.

A ausência de qualquer paisagem no fundo escuro nos mostraque o mundo estava em densas trevas quando surge uma luz – “O povo que andavanas trevas viu uma grande luz.” (Mt 4,16) – Antonello não pinta nada além dofundamental para que não nos distraiamos, pois o essencial está no interior dohomem.

A luz é a da graça, que quando encontra um sim na humanidadeé irradiada a todos os homens, pois uma alma que se eleva, eleva o mundointeiro.

Maria ao receber o anúncio do Pai estava em oração, assimcomo Jesus também estava ao receber o batismo de João e ao ouvir a voz do Pai(Cf. Lc 3,21-22): “Tu és o meu Filho, Eu hoje te gerei”.

Te peço Senhor a graça de permanecer na tua palavra emamizade contigo, acolhendo o teu amor e a minha missão pessoal qual a tua Mãepara que no meu sim, o teu reino aconteça no meu interior e exterior.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos avós!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *