Formação

A Virgem Maria na Quaresma

Não há tempo litúrgico na Igreja em que a Virgem Maria esteja ausente.

comshalom

A vida da Virgem Maria, foi em tudo fazer a vontade de Deus e sua participação na Quaresma pode ser compreendida sob outra ótica: ensinar-nos a viver o tempo quaresmal. No plano salvífico de Deus (ver Lc 2,34-35) estão associados Cristo crucificado e a Virgem dolorosa. Como Cristo é o “homem de dores” (Is 53,3), por meio do qual se agradou Deus em “reconciliar consigo todos os seres: os do céu e os da terra, fazendo a paz pelo sangue de sua cruz” (Col 1,20), assim Maria é a “mulher da dor”, que Deus quis associar a Seu Filho, como mãe e partícipe da Paixão. Dos dias da infância de Cristo, toda a vida da Virgem, participando do rechaço de que era objeto do Filho, transcorreu sob o sinal da espada (ver Lc 2,35).

Por isso a Quaresma é também tempo oportuno para crescer em nosso amor filial Àquela que ao pé da Cruz entregou a seu Filho, e se entregou Ela mesma com Ele, por nossa salvação. Este amor filial podemos expressar durante a Quaresma impulsionando certas devoções marianas próprias deste tempo: “As sete dores de Santa Maria Virgem”; a devoção a “Nossa Senhora, a Virgem das Dores” (cuja memória litúrgico se pode celebrar na sexta-feira da V semana de Quaresma; e a reza do Santo Rosário, especialmente os mistérios de dor).

Também podemos impulsionar o culto da Virgem Maria através de Missas da Bem-aventurada Virgem Maria, cujos formulários de Quaresma podem ser usados no sábado.

Planner de Quaresma 2022

 Quer viver melhor a Quaresma? Baixe já o Planner minha Quaresma e trilhe esse caminho de conversão com segurança!  [CLIQUE AQUI].

Meditações para a Semana Santa

A cada ano, a Comunidade tem lançado um novo número da coleção Meditações para a Semana Santa, que traz sempre reflexões à luz da Palavra de Deus e da Doutrina da Igreja, inserindo o fiel batizado no mistério central da fé católica: a Paixão, a Morte e a Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo. 

Esse tempo litúrgico deve ser vivido com a devida atenção ao seu espírito próprio, aos mistérios e conexões com nossa vida, gerando uma renovada conversão pessoal. Além disso, é tempo de reunir toda a Igreja e celebrar de forma intensa a razão da fé católica: Cristo se entregou por cada homem e vivo está.

[Adquira o E-book com as meditações para a Semana Santa 2022]

Leia também

Receita do pão de jejum da Comunidade Católica Shalom

Normas básicas para o jejum da Quaresma

7 dúvidas frequentes sobre o Sacramento da Confissão

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2020

Receita do pão de jejum da Comunidade Católica Shalom

Formação comshalom


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.