Igreja

Bento XVI fala de liberdade religiosa aos bispos da Indonésia

comshalom

Na manhã desta sexta-feira, 07, o Papa Bento XVI recebeu no Palácio Apostólico do Vaticano, os bispos da Conferência Episcopal da Indonésia que estão em visita Ad Limina Apostolorum, uma peregrinção feita a cada cinco anos pelos bispos de cada país, na qual são feitas visitas aos discastérios da Curia Romana e audiências privadas e coletivas com o Papa.

O Episcopado da Indonésia, país que possui 230 milhões de habitantes, entre os quais, 90% são muçulmanos, recebeu palavras de esperança no discurso do Pontífice, o qual reconheceu o valor da liberdade religiosa.

“A liberdade de viver e pregar o Evangelho deve ser sempre considerada e justamente acolhida. Nem a liberdade religiosa é simplesmente um direito de ser livre de vínculos externos. É também o direito de ser autenticamente e plenamente católico, para professar a fé, construir a Igreja e contribuir para o bem comum”, disse o Papa.

Ainda falando sobre o tema, o Santo Padre encorajou os bispos a esforçarem-se na abertura e promoção do diálogo inter-religioso.

“ O vosso país, rico na sua diversidade cultura e caracterizado por uma grande população, é morada de um significativo número de seguidores de várias tradições religiosas. Portanto, o povo da Indonésia tem a capacidade  de dar uma contribuição importante na busca da paz e na compreensão entre os povos do mundo”, enfatizou.

 

Fonte: Canção Nova


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *