Formação

Capax Dei

comshalom

<!– /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";}@page Section1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;}div.Section1 {page:Section1;}–>

Elena Arreguy

Missionária da Comunidade Católica Shalom em Haifa – Isifya –ISRAEL

 

Escrevo este artigo pensando especialmente nos jovens queterão sido apresentados a Jesus Cristo, Vivo e Ressuscitado, durante o festivalde arte e evangelização chamado Halleluya, que acontece há mais de dez anos emFortaleza, no último fim de semana de julho, e que oferece uma opçãogenuinamente saudável e enriquecedora de diversão e alegria. O Halleluya secontrapõe aos carnavais fora de época que acontecessem mensalmente no nordestebrasileiro e que geram rios de dinheiro e também rios de lágrimas, no diaseguinte.

Não existe maior felicidade do que esta: ser apresentado aDeus! Conhecê-lo como Ele quis se revelar, como Pai misericordioso tornadoacessível, tangível, amável e “experenciável” – será que existe esta palavra? –em Cristo Jesus nosso Senhor, pela presença e ação amorosa e inconfundível doEspírito Santo. Deus não é complicado, fomos e somos nós que o complicamos oucomplicamos nosso relacionamento com Ele por nossas resistências e divisõesinteriores, por nossos pecados e insanidades.

Em Deus, tudo é superlativo porque as palavras não o contêm,e talvez uma das palavras que valha mais a pena relembrar neste artigo, além desua maravilhosa paciência e ternura, é que Ele está pertíssimo de nós. Ele estádentro de nós, habitando nas profundezas do nosso ser como um cristalbelíssimo, vivo e fulgurante, (usando uma imagem que nos foi dada porSta.Teresa d’Ávila desde o século XVI para ilustrar a dinâmica da presença vivade Deus em nosso interior), e de lá deseja nos iluminar, amar, pacificar e serelacionar conosco de maneira íntima, pessoal e fraterna. Ele não nos chamouamigos?

E no “lugar” onde Deus habita, que é a realidade maisprofunda de cada pessoa humana, usando uma linguagem espiritual cristã, e quevai além das realidades psíquicas e mentais, somente Ele cabe, somente Eleencaixa, somente com Ele conseguimos dizer ao complexo e belo quebra-cabeça quesomos: “Encontrei o desenho! Descobri a figura! A imagem se fez! Vejo-te,Senhor! Vejo-te em mim!". Habitas aqui, habitas em mim… como diz aungida canção interpretada pelo Walmyr Alencar.

Aprendi numa aula sobre os fundamentos da espiritualidade,dadas por um carmelita, que esta capacidade para Deus que nossa alma e espíritotêm, (sendo espírito, neste caso, a parte mais profunda de nossa alma, usandouma nomenclatura espiritual e não psíquica), foi alcunhada pelo teólogo alemãoKarl Rahner como Capax Dei. Este grande teólogo trabalhou nas comissõesteológicas durante os anos de trabalho do Concílio Vaticano, junto com o atualPapa Bento XVI, e tem uma obra vastíssima e importante. Quando ele fala sobre aalma humana é muito feliz quando a descreve como um abismo, um vácuo, um espaço“superexistencial” feito para Deus e onde somente Sua presença satisfaz. Ovazio que há em nossas almas é Capax Dei somente!

E sabe quem une as duas partes que se completam e encaixamperfeitamente? A nossa vontade unida à vontade de Deus, o SIM irrestrito aJesus para que o Espírito Santo aja com liberdade. A cada sim dado e repetido,a cada união de vontades e de livres-arbítrios, a nossa com a de Deus e a delecom a nossa, o cristal citado por Santa Teresa brilha mais intensamente porqueo abismo onde só cabe Deus vai sendo visitado e preenchido pela presença Dele!

Por outro lado, a cada não à vontade de Deus, ao amor deDeus, à Palavra de Deus, à Igreja de Deus, aos sacramentos, à vivênciaautêntica da consagração e da vocação específica recebida, a cada vez queacolhemos a mentira demoníaca de temer a vontade de Deus, é como se o cristalfosse encoberto por camadas de lama que escondem o seu brilho e com o tempo,até a percepção de sua presença. Quantas pessoas sequer se lembram e muitas atéfazem questão de negar veementemente que têm uma alma imortal criada para Deuspor Amor e para o Amor?

Por isso é tão essencial mostrar aos jovens – e a todos osque queremos alcançar com nosso testemunho de vida e evangelização – que a almaimortal que cada um carrega em si pelo simples fato e maravilhoso fato de serhumano, só será verdadeiramente livre e feliz se disser sim a Jesus Cristo.Aqui se encontra o segredo e a fonte da felicidade que todos querem encontrar atodo custo e a qualquer preço. E essa vontade profunda de ser feliz só a temosporque o abismo que carregamos em nós existe para ser preenchido por esta presençae pessoa que é o Deus Vivo e Verdadeiro revelado em Jesus Cristo, que é Elemesmo.

Num mundo e numa sociedade cada vez mais secularizada e semverdadeira espiritualidade, onde todos os veículos de entretenimento e quasetodas as instituições mentem e inventam as coisas mais estapafúrdias para aspessoas serem felizes, onde as ideologias querem substituir a Verdade revelada,nós cristãos temos sido tratados e vistos muitas vezes como antiquados,retrógrados, ultrapassados ou até meio inocentes e bobinhos… Mas é tempo depermanecermos seguros e firmes, santamente firmes em nossas convicções, total eplenamente apoiados em Deus e em comunhão com a Igreja, mesmo que o mundo virede pernas para o ar. Basta pensar no parlamento europeu que quer banir a palavraDeus de sua constituição e estatutos, ou nas expressões artísticas e culturais,científicas e sociais que querem negar Deus, negar a cultura cristã-católica,que querem banir a Igreja e todas as verdades de fé que ela preserva. Mais doque nunca nossa postura firme e séria, comprometida, porque não dizer feliz erebelde, determinada da ir contra a maré é fundamental e importantíssima.

O nosso grito apontando o Cordeiro de Deus que está vivo eestá no meio de nós – fora e dentro! E nos Halleluyas de todas as missões – écrucial para que as pessoas, de todas as idades, e as instituições, não seesqueçam ou sejam relembradas, ou mesmo aprendam, ou ao menos escutem, mesmoque rejeitem, que no Capax Dei que em cada um existe, só cabe Dei comoresposta. Somente Deus! Não há dinheiro abundante, sexo desvairado, realizaçãointelectual, realização afetiva, projetos bem sucedidos, política, ideais,pessoa humana, liderança de A ou B, seja o que for e quem for, que mate a sedede água viva, a fome de amor eterno, ou substitua o encontro com o mais Belo deTodos os Homens, Jesus, o Senhor.

Ele aguarda o nosso sim para unir-se a nós pessoalmente enos fazer felizes e belos, livres como Ele é. E sua pergunta continua ecoando:“Tu me amas?” (Jo 21,15ss).


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *