Formação

Cura, o ministério do amor!

comshalom

Jesus veio ao mundo para nos salvar de tudo, para nos curar de toda e qualquer enfermidade: "O Espírito de Deus está sobre mim porque ungiu para anunciar a boa nova aos pobres. Enviou-me para proclamar aos cativos a libertação e aos cegos a recuperação da vista, para restituir aos oprimidos a liberdade, e proclamar o ano da graça do Senhor" (Lc 4,17c-19).

Tipos de cura

"Levando em conta que o homem tem três dimensões: corpo, alma e espírito (cf. 1Ts 5,23), compreendemos que existem os males físicos, os da alma ou interiores e os espirituais. Se somos atingidos em qualquer área interior, necessitamos de uma cura interior; se somos atingidos em nosso espírito, contaminando-nos com falsas doutrinas e apartando-nos da sã doutrina da salvação, precisamos de uma cura espiritual ou libertação; se somos atingidos no corpo com alguma enfermidade, necessitamos de uma cura física." (Perdigão, 2002).

No Manual do Ministério de Cura e Aconselhamento da Comunidade Shalom, as autoras afirmam que "todo ser humano, uns mais outros menos, tem necessidade de cura interior; isto porque todos temos feridas internas, muitas vezes ocultas, imperceptíveis, mas que podem influenciar de modo muito negativo nosso caráter, nosso comportamento, as nossas vidas, impedindo-nos de alcançar a integridade emocional, ou seja, de viver uma vida emocional equilibrada e relacionamentos sadios, e de crescer em santidade." (Mohana e Perdigão, 2000, p. 31).

Perfil do ministro de cura

Somente quem experimenta o Amor pode transbordá-lo. Só quem vivenciou a dor pode penetrar no mistério da dor dos irmãos. "O sofrimento, tão presente no nosso mundo, sob tantas formas, também está presente para desencadear no homem o amor, o dom de si mesmo em favor dos que sofrem. O mundo do sofrimento humano anseia, sem cessar, um outro mundo diverso: o mundo do amor humano. A pessoa que sofre é capaz de compadecer-se do outro que sofre igualmente. E provavelmente deve esta compaixão e doação de si ao seu próprio sofrimento, ou seja, realiza com mais verdade o ‘colocar-se no lugar do outro que sofre’" (Mohana e Perdigão, 2000, p. 94).

Por isso, este é um ministério muito especial, e o ministro necessita de amadurecimento humano, de uma vida de profunda intimidade com Deus – através da oração pessoal e estudo da Palavra diários, da freqüência aos sacramentos, sobretudo Eucaristia e Confissão, e amizade com Maria – e de uma grande dedicação. O nosso olhar precisa sempre ser purificado pelo Espírito Santo, nossas palavras devem ter a suavidade mariana e todo o nosso ser precisa estar voltado para Cristo Jesus, nosso único Salvador, e centrado nele.

Isso nos faz focalizar os acontecimentos da vida de cada irmão ou irmã na ótica de Deus e não na nossa limitada visão humana. Na vida do que crê, nada é em vão nem por acaso; cada acontecimento é permissão de Deus, por isso, deve ser transformado em um grande louvor, mesmo aquilo que consideramos mau! "Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus" (Rm 8,28).

Porque nossa missão é tão importante, são pedidas algumas coisas para que alguém ingresse no ministério: ter participado do curso de engajamento geral da Obra; fazer parte de um grupo de oração da Obra Shalom e discernir com o coordenador, núcleo e/ou formador que esse é o seu ministério; ter feito ou estar fazendo o curso de Formação Básica; participar do curso específico para o ministério.

Depois do ingresso, é pedido que o ministro: participe, semanalmente, das reuniões de formação do ministério; atenda em pelo menos um turno por semana em uma das casas da Obra; atenda nos eventos e em domicílio ou no hospital, conforme envio e orientação da coordenação do ministério.

Cada vez que servimos neste ministério, saímos mais fortificados, pois alimenta a nossa fé ver que irmãos totalmente derrotados pelos acontecimentos da vida são reerguidos pela mão poderosa do nosso Deus. Vidas que ali chegam sem sentido saem renascidas, recriadas. É maravilhoso nos tornar "intermediários" entre Deus e o homem, ver passar pelas nossas mãos a graça de Deus para dar um rumo, um caminho à vida de muitos!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *