Formação

Deus nos amou primeiro

comshalom

Do Tratado sobre a Contemplação de Deus, de Guilherme, abade do Mosteiro de Saint-Thierry.
(Nn. 9-11: SCh 61, 90-96)

Somente vóssois realmente Senhor, vós para quem dominar sobre nós é salvar-nos; enquanto,para nós, servir-vos nada mais é do que ser salvo por vós.

Senhor, devós procede a bênção e a salvação para vosso povo. Mas que salvação é estasenão a graça que no concedais de vos amar e de ser amados por vós?

Por isso,Senhor, quisestes que o Filho que está a vossa direita, o homem quefortaleceste para vós, fosse chamado Jesus, isto é, Salvador: pois ele vaisalvar o povo de seus pecados (Mt 1,21) e em nenhum outro há salvação (At4,12).Ele nos ensinou a amá-lo, ao nos amar primeiro e até à morte de cruz. Porseu amor e sus dileção, suscita nosso amor por ele, que nos amou primeiro e atéo fim.

Foi assimmesmo: vós nos amastes primeiro para que vos amássemos. Não tínheis necessidadede ser amado por nós, mas não poderíamos atingir o fim para o qual fomoscriados se não vos amássemos.

Eis porque, tendo falado outrora a nosso pais muitas vezes e de muitos modos porintermédio dos profetas, nestes últimos tempos nos falastes pelo vosso Filho,pelo vosso Verbo; por ele é que os céus foram criados, e pelo sopro de seuslábios, todo o universo (Sl 32,6).

Para vós,fala por meio do vosso Filho não foi outra coisa senão trazer à luz do sol,isto é, manifestar claramente o quanto e como nos amastes, vós que nãopoupastes vosso próprio Filho, mas o entregastes por todos nós. E ele tambémnos amou e se entregou por nós.

É essa,Senhor, a Palavra que nos dirigistes, o Verbo todo-poderoso. Quando todas ascoisas estavam envolvidas no silêncio (cf. Sb 18,14), ou seja, nas profundezasdo erro, ele desceu do seu trono real (Sb 18,15) para combater energicamentetodos os erros e fazer triunfar suavemente o amor.

E tudo oque ele fez, tudo o que disse na terra, até aos opróbrios, até aos escarros eàs bofetadas, até a cruz e à sepultura, não foi senão a palavra que nosdirigistes em vosso Filho, suscitando pelo vosso amor por vós.

Bemsabíeis, ó Deus, Criador dos homens, que este amor não pode ser imposto, masque é necessário estimulá-lo no coração humano. Porque onde há coração não háliberdade, e onde não há liberdade não há justiça.

Quisestesassim que vos amássemos, pois não poderíamos ser salvos com justiça sem vosamar; e não poderíamos amar-vos ser receber de vós esse amor.

Por isso,Senhor, como diz o Apóstolo do vosso amor e a nós também já dissemos, vós nosamastes primeiro todos os que vos amam.

Nós, porém,vos amamos com o afeto do amor que pusestes em nós. Mas vosso amor, vossabondade, ó sumamente bom e sumo bem, é o Espírito Santo, que procede do Pai edo Filho.. Desde o princípio da criação ele pairava sobra as águas, isto é,sobre os espíritos indecisos dos filhos dos homens; ele se oferece a todos,atrai tudo a si, inspirando, encorajando, afastando as coisas nocivas,providenciando as úteis, unindo Deus a nós e unindo-nos a Deus.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *