Formação

Deus nos falou pelo Cristo

comshalom

O motivo principal por que na antiga Lei eram lícitas asperguntas feitas a Deus, e convinha aos profetas e sacerdotes desejarem visões erevelações e divinas, era não estar ainda bem fundada a fé nem estabelecida aLei evangélica. Era assim necessário que se interrogasse a Deus e elerespondesse, ora por palavras, ora por visões e revelações, ora por meio defiguras e símbolos ou finalmente por muitas outras maneiras de expressão.Porque ido o que respondia, falava e revelava, eram mistérios da nossa fé ou verdadesque a ela se referiam ou a ela conduziam.

Agora, já estando firmada a fé em Cristo e promulgada a Leievangélica nesta era de graça, não há mais razão para perguntar a Deus, daquelemodo, nem para que ele responda como antigamente. Ao dar-nos, como nos deu, oseu Filho, que é a sua única Palavra (e não há outra), disse-nos tudo de umavez nessa Palavra e nada mais tem a dizer.

É este o sentido do texto em que São Paulo busca persuadiros hebreus a se afastarem daqueles primitivos modos de tratar com Deus,previstos na lei de Moisés, e a fixarem os olhos unicamente em Cristo, dizendo:Muitas vezes e de modos falou Deus outrora aos nossos pais, pelos profetas;nestes dia, que são os últimos, ele nos falou por meio de seu Filho (Hb 1,1-2). Por estas palavras o Apóstolo dá a estender que Deus emudeceu, por assimdizer, e nada mais tem a falar, por o que antes dizia em parte aos profetas,agora nos revelou no todo, dando-nos Tudo, que é o seu Filho.

Se agora, portanto, alguém quisesse interrogar a Deus, oupedir-lhe alguma visão ou revelação, faria injúrias a Deus não pondo os olhostotalmente em Cristo, sem querer outra cousa ou novidade alguma. Deus poderiaresponder-lhe deste modo: Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo o meuagrado. Escutai-o! (Mt 17,5). Já te disse todas as coisas em minha Palavra. Põeos olhos unicamente nele, pois e nele tudo disse e revelei, e encontrarás aindamais do que pedes e desejas.

Desde o dia em que, no Tabor, desci com meu Espírito sobreele, dizendo: Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo o meu agrado. Escutai-o!,aboli todas as antigas maneira de ensinamento e resposta. Se falava antes, erapara prometer o Cristo; se me interrogavam, eram perguntas relacionadas com o pedido e a esperança da vinda doCristo, no qual haviam de encontrar todo o bem – como agora o demonstra toda adoutrina dos evangelhos e dos apóstolos.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *