Formação

E tu? Vem e segue-me!

comshalom

Talvez nos inquiete o coração quando ouvimos Jesusinterpelar no evangelho ao jovem rico e a tantos outros com palavras fortescomo “vende o que tens e segue-me”. Ficamos imaginando como deviam ser fortesessas palavras de Jesus e falamos para nós mesmos que, com certeza se fossem paranós, o seguiríamos sem dúvida nenhuma. O próprio Cristo nos chamando asegui-lo… Mas sentimo-nos aliviados por pensar que esse chamado não é maispara nós, Cristo não chama mais desta forma. Será?

Mais que nunca urge em nós o apelo de sermos uma Igrejamissionária. Deus suscita no coração de muitos a inquietação de partimos emmissão, de deixarmos tudo e seguir a Cristo.

“Mestre, onde moras?” A inquietação do homem do evangelho étambém a nossa. Pensamos que o homem está insensível a Deus, ao transcendente,mas ao contrário, o homem está cada vez mais desejoso de encontrar-se com aVerdade e a busca de várias formas e em vários lugares. Estamos, porém,cansados de meias verdades, de apelos moralistas, ou de lugares que nosoferecem vida melhor, mas que longe de nos realizar, só aumentam o desejo dealgo mais, como uma sede e fome insaciável.

O chamado divino àqueles que Ele escolheu não deve ser vistonunca como um peso, ao contrário, como uma grande graça, pois o próprio Deusquer que sejamos próximos, amigos, conhecedores da sua verdade, Ele que poramor quer fazer-nos plenos.

A resposta de Cristo a essa sede insaciável é “vinde evede”. Cristo nos chama a sabermos onde ele mora. Ele mora no coração do homemque, amargo, espera a paz. No coração do jovem que, em busca da felicidade, éflagelado pelas drogas. Das famílias que, fechadas à vida, esperam uma vidamelhor. De muitos que, isolados, caem na depressão ou no suicídio por nãoencontrarem sentido em suas vidas. Na missão mora o Cristo pobre, casto eobediente e lá, esquecendo-nos de nós mesmos e dando a nossa vida pelo Outro epelos outros, encontraremos o próprio Cristo e a felicidade.

Não adianta medirmos perdas e ganhos. Nossa vida merece sergasta em algo nobre e verdadeiro. Quanto tempo e qualidade de vida perdemos emcoisas que passam! Precisamos empregar o melhor de nós naquilo que é digno,naquilo que merece a dedicação de nossa vida e que é eterno.

Gostaria de elencar dois pontos importantes para a vidamissionária:

O primeiro ponto é a experiência. A missão é uma resposta degratidão. O coração é tocado por Deus e inflamado por seu amor de tal forma quenão há limites para o dar-se. Só quem teve uma experiência com o Amor de Deus écapaz de deixar tudo, suas comodidades e planos e aderir de forma incondicionalaos planos de Deus. Onde não há uma experiência de ouvir a voz que chama, nãohá resposta.

Um segundo ponto é a renúncia. Toda escolha implica umarenúncia e o mérito desta é abrir mão do que é caro para nós, ao encontrarmos otesouro mais precioso. De fato, quando descobrimos a vida de Cristo, o seuamor, a eternidade, somos capazes de abrir mão de todos os “tesouros” que temospara comprar aquele que ofusca o brilho de todos os outros.

Toda essa renúncia que brota da experiência não é vã, pois“onde há oferta há fogo!”, é o que costuma dizer o fundador da ComunidadeCatólica Shalom, Moysés Azevedo. Os frutos da oferta são abundantes, a começarpela própria vida de intimidade com o Senhor, a vida no Espírito, a maturidadehumana, o crescimento nas virtudes, a descentralização de si mesmo, a pobrezade estar nas mãos de Deus, a humildade, etc.

Que o Senhor nos dê a graça de encontramos o preciosotesouro que Ele tem para nós.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *