Formação

A evangelização pelo anúncio da Palavra de Deus

comshalom

Efusão no Espirito Renascer 2010 (1) A edição de setembro da revista Shalom Maná traz reflexões sobre a Palavra de Deus e a sua importância na evangelização, que consiste em anunciar a Boa Nova com parresia e fé aos povos do mundo inteiro.

Desde o início, já na Aliança de Deus com o seu povo, notamos a importância da Palavra divina. Ela tem o poder de “gerar” o povo, de modo que a experiência de Israel é basicamente e fundamentalmente uma experiência com a Palavra de Deus que chama, elege e faz apelo ao coração, em vista de uma resposta do homem diante da manifestação do Seu plano de amor e de misericórdia.

De fato, a Palavra, antes mesmo de ser escrita, é um fato concreto, é um evento, como revela muito bem o hebraico “dabar”, que indica ao mesmo tempo “palavra” e “fato”. Esta Palavra, porque divina, é, ao mesmo tempo, uma ação potente de Deus no meio do Seu povo, gerando os efeitos da Sua vontade. Podemos até mesmo afirmar que a experiência do povo no Antigo Testamento é, precisamente, uma experiência com a Palavra do Senhor que cria do nada e realiza a obra da Criação. Esta mesma Palavra confere a graça, fazendo um chamado ao homem para entrar em diálogo com Ele, em uma profunda comunhão de amor. Nesta perspectiva, encontramos a grande novidade da revelação bíblica, que consiste no fato particular de Deus verdadeiramente Se dar a conhecer no diálogo que Ele mesmo deseja ter conosco e no chamado à Sua amizade.

Esta Palavra viva permanece presente na Igreja, que existe para anunciá-la ao mundo, para evangelizar, para levar a todos os homens a Boa-Nova da Salvação. É claro na consciência da Igreja a certeza tanto de que a Palavra de Deus é a verdade que salva o homem quanto também a urgência da evangelização diante da necessidade de cada coração. Durante toda a sua história, a Igreja procurou anunciar explicitamente o Evangelho, foi ao encontro de cada um com a força do Espírito Santo e buscou ser fiel à sua missão, mesmo em meio a muitos riscos e perseguições.

Nos nossos dias não é diferente. Por meio do anúncio da Palavra com ardor missionário, não somente aos que estão distantes, mas também aos batizados que não foram suficientemente evangelizados, a Igreja nos revela sua maturidade, realizando sua missão, a causa da sua existência: anunciar Deus aos homens. Quando ela cumpre o seu mandato, procurando, por meio da evangelização, por meio das palavras e dos atos, ou seja, da vida, anunciar esta Palavra, a Igreja dá de graça aquilo que recebeu por dom gratuito do próprio Senhor. Assim, ela se sente destinada a todos os homens, devedora de anunciar explicitamente a Palavra que salva (cf. Rm 1,14).

Caríssimo leitor, redescubramos a verdade e a beleza do Evangelho, que nos revela o amor de Deus e Sua bondade infinita, e acolhendo na nossa vida este tesouro, possamos comunicá-lo aos irmãos. Com profundidade, São Gregório, falando da Palavra, diz que ela “é a carta de Deus para a sua criatura”. Uma carta de amor, um anúncio de paz!

Por padre Rômulo dos Anjos

Missionário da Comunidade Católica Shalom em Pacajus/CE

Leia o artigo na íntegra na revista Shalom Maná deste mês.

Para assinar:

(85) 3308.7402 / 3308.7465
E-mail: assinaturas1edicoes@comshalom.org
www.edicoesshalom.com.br/assinaturas


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *