Formação

[Exercício de Lectio] A Misericórdia divina

TEMA: LC 5, 27-32

     
        A Lectio Divina é um exercício da escuta pessoal da palavra de Deus. Funciona como uma escada de quatro degraus espirituais: leitura, meditação, oração, contemplação. Assim os degraus são para nos abrir a ação do Espírito Santo. 

“Vivamos então a Quaresma como um tempo "eucarístico", no qual, acolhendo o amor de Jesus, aprendemos a difundi-lo à nossa volta com todos os gestos e palavras. Contemplar "Aquele que trespassaram" estimular-nos-á desta forma a abrir o coração aos outros reconhecendo as feridas provocadas à dignidade do ser humano; impulsionar-nos-á, sobretudo, a combater qualquer forma de desprezo da vida e de exploração da pessoa e a aliviar os dramas da solidão e do abandono de tantas pessoas”(BENTO XVI).

OREMOS ENTÃO:

“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra.

Oremos: ó Deus, que instruístes os corações

dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo,

fazei que apreciemos retamente

todas as coisas segundo o mesmo espírito

e gozemos sempre da sua consolação.

Por Cristo Senhor nosso.

  Amém”. 

1º  DEGRAU – LEITURA (LECTIO) 

Naquele tempo, 27Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado na coletoria. Jesus lhe disse: “Segue-me”. 28Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu.
29Depois, Levi preparou em casa um grande banquete paraJesus. Estava aí grande número de cobradores de impostos e outraspessoas sentadas à mesa com eles. 30Os fariseus e seusmestres da Lei murmuravam e diziam aos discípulos de Jesus: “Por quevós comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?”
31Jesus respondeu: “Os que são sadios não precisam de médico, mas sim os que estão doentes. 32Eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores para a conversão”.

Hoje a Liturgia pede-nos para voltar o nosso olhar para a misericórdia de Jesus, que escolhe os pecadores para manifestar a sua graça, em vista da conversão do seu povo. Olhar para nós mesmos requer essa liberdade interior de ser acolhidos por Jesus, e de ao mesmo tempo de reconhecer nossos pecados e abandonar-se em Deus.
Qual mensagem se percebe mais  no texto, é importante reler o texto quantas vezes for preciso

2º  DEGRAU: MEDITAÇÃO – O QUE O TEXTO ME DIZ?
Ao escutar o chamado de Jesus: “Segue-me”, como eu reajo? será que eu me disponho a seguir Jesus, mesmo reconhecendo o meu nada? Ou me paraliso diante do meu orgulho e não avanço numa vida de conversão para Deus? 
Procure confrontar sua vida com a mensagem que o texto passa

3º DEGRAU: ORAÇÃO – O QUE DIGO A DEUS? 
Oh meu Jesus cheio de bondade, reconheço que Tu vens chamar os pecadores, por isso eu reconheço o meu nada, que sou fraco e que eu sempre vacilo. Tende misericórdia, Tende misericórdia. Faz-me acolher na tua bondade, deixai-me conduzir ao som da sua voz, como um novo caminho para a minha vida. 
Prossiga sua oração com uma oração sincera, demorada, cheia de reverência e acolhimento de Deus.

4º DEGRAU: CONTEMPLAÇÃO
Senhor, a ti o meu louvor e gratidão por toda obra de amor que tu mesmo realizas para a minha vida. Para ti não há condenação que impeça de agir a sua misericórdia. Bendito seja o seu nome, pois grandes coisas fez em minha vida e muito tens a realizar, ao renovar hoje o meu seguimento a ti. Todo louvor e gratidão por meio da sua grande bondade.
Diante do que o texto disse, do que me confrontou , do que eu disse a Deus, deixe Deus fazer em sua vida a sua obra.

Que eu passe o dia de hoje rezando e vivendo essa frase: “Eu vim chamar não os justos, mas os pecadores”.   
 
 
 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *