Igreja

Francisco: Rugas são símbolo da vida

Além de continuar a catequese sobre a velhice, o Pontífice teve um encontro com as famílias e anunciou o adiamento da viagem à África por problemas de saúde

comshalom
Foto: Vatican News

Na semana da Solenidade de Pentecostes, Francisco dedicou sua catequese de quarta-feira a reflexão sobre a figura de Nicodemos, ancião que recebeu de Jesus o convite a nascer do alto. Ainda nesta semana, o Pontífice anunciou o adiamento da viagem apostólica à África, devido a problemas que enfrenta no joelho; dirigiu-se às famílias da Europa e se mostrou profundamente consternado pelo massacre de cristão na Nigéria. Confira abaixo alguns destaques da semana do Papa.   

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

Rugas são símbolo da vida

Em sua tradicional catequese de quarta-feira, o Papa Francisco meditou sobre a figura do ancião Nicodemos e deu continuidade ao ciclo de meditações sobre a velhice. De acordo com o Pontífice, quando Jesus diz a Nicodemos que é preciso “nascer do Alto”, ele apresenta como objeção a velhice. No entanto, à luz da Palavra de Jesus em resposta a esta objeção, é possível entender que a velhice não é um obstáculo ao novo nascimento, mas sim o tempo oportuno para entendê-lo.

“A velhice é a condição, concedida a muitos de nós, na qual o milagre deste nascimento do alto pode ser intimamente assimilado e tornado credível para a comunidade humana: não comunica nostalgia do nascimento no tempo, mas amor pelo destino final. Nesta perspectiva, a velhice tem uma beleza única: caminhamos rumo ao Eterno”, explicou o Papa. 

“É isto: as rugas são um símbolo da experiência, um símbolo da vida, um símbolo da maturidade, um símbolo do caminho percorrido. Não tocá-las para se tornar jovens, mas jovens no rosto: o que interessa é toda a personalidade, o que interessa é o coração, e o coração permanece com aquela juventude do vinho bom que quanto mais envelhece, melhor fica”, disse.

 

Lamento pela violência na Nigéria

Francisco enviou um telegrama a Dom Jude Ayodeji Arogundade, bispo de Ondo, diocese à qual pertence a Igreja de São Francisco em Owo, local do violento ataque em que dezenas de pessoas, incluindo duas crianças, perderam a vida na Vigília de Pentecostes.

“O Papa Francisco reza pelas vítimas e pelo país, dolorosamente afetado num momento de celebração, e confia ambos ao Senhor para que Ele possa enviar o Seu Espírito para os consolar”, le-se em nota divulgada pela Santa Sé.

Famílias, sejam antídoto contra a pandemia da solidão

Francisco também recebeu em audiência particular a Federação das Associações de Famílias Católicas na Europa e pediu empenho das famílias no combate ao mal da pornografia e da barriga de aluguel.

“Se muitas famílias se redescobriram como Igrejas domésticas, também é verdade que muitas famílias experimentaram a solidão, e sua relação com os Sacramentos muitas vezes se tornou puramente virtual. As redes de famílias são um antídoto contra a solidão. Na verdade, por sua natureza, elas são chamadas a não deixar ninguém para trás, em comunhão com os pastores e as Igrejas locais”.

“A família fundada no matrimônio está no centro. É a primeira célula de nossas comunidades e deve ser reconhecida como tal, em sua função generativa, única e indispensável. Não porque seja uma entidade ideal e perfeita, não porque seja um modelo ideológico, mas porque representa o lugar natural das primeiras relações e da geração: «Quando a família acolhe e vai ao encontro dos outros, especialmente dos pobres e abandonados, é símbolo, testemunha e participação na maternidade da Igreja»”, concluiu o Papa.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Vatican News em português (@vaticannewspt)

Francisco adia viagem à África por recomendações médicas

Seguindo recomendações médicas, o Papa Francisco precisou adiar sua viagem à República Democrática do Congo e ao Sudão do Sul na primeira semana de julho. A nova data ainda não foi divulgada. Francisco está em tratamento devido a um problema no joelho.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Vatican News em português (@vaticannewspt)

Com inf. de Vatican News


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.