Formação

Homília do Santo Padre em chipre

comshalom

<!– /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-520092929 1073786111 9 0 415 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-unhide:no; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; margin-top:0cm; margin-right:0cm; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;}.MsoChpDefault {mso-style-type:export-only; mso-default-props:yes; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;}.MsoPapDefault {mso-style-type:export-only; margin-bottom:10.0pt; line-height:115%;}@page WordSection1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;}div.WordSection1 {page:WordSection1;}–>

Prezados irmãos e irmãs em Cristo!

 Estou muito feliz por poder realizar esta visita à Catedralde Nossa Senhora das Graças. Estou grato ao Arcebispo Youssef Soueif pelas suasamáveis palavras de boas-vindas em nome da Comunidade maronita de Chipre esaúdo cordialmente todos vós, com as palavras do Apóstolo: "Graças vossejam dadas da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo" (1 Cor1, 3)!

Visitando este edifício, realizo no meu coração umaperegrinação espiritual a cada igreja maronita da ilha. Asseguro-vos que, com ozelo de um pai, estou próximo de cada fiel daquelas antigas comunidades.

Esta igreja-catedral representa de vários modos averdadeira, longa e rica história, às vezes turbulenta, da Comunidade maronitade Chipre. Os Maronitas chegaram a estas costas em vários períodos ao longo dosséculos e foram frequente e duramente provados para permanecer fiéis à suaherança cristã específica. Todavia, não obstante a sua fé tenha sido provadacomo o ouro no fogo (cf.1Pd1, 7), eles perseveraram na fé dos seus pais, uma féque agora é transmitida a vós, Maronitas cipriotas de hoje. Exorto-vos a valorizaresta grande herança, esta dádiva inestimável.

Este edifício da Catedral recorda-nos também uma importanteverdade espiritual. São Pedro diz-nos que nós, cristãos, somos como que pedrasvivas, "entramos na construção de um edifício espiritual, por meio de umsacerdote santo, cuja finalidade é oferecer sacrifícios espirituais que sejamagradáveis a Deus, por Jesus Cristo" (1 Pd 2, 5). Juntamente com oscristãos espalhados pelo mundo, constituímos uma parte deste grande templo queé o Corpo Místico de Cristo. O nosso culto espiritual, prestado em muitaslínguas, em numerosos lugares e numa bonita variedade de liturgias, é expressãoda única voz do Povo de Deus, unido em oração e em acção de graças a Ele, numapermanente comunhão recíproca. Esta comunhão, que temos deveras a peito,impele-nos a anunciar a Boa Notícia da nossa vida nova em Cristo a toda ahumanidade.

 Este é o compromisso que hoje compartilhei convosco: rezopara que a vossa Igreja, em união com todos os vossos pastores e com o Bispo deRoma, possa crescer na santidade, na fidelidade ao Evangelho e no amor peloSenhor e no amor mútuo.

 Enquanto vos recomendo, assim como as vossas famílias, demaneira especial os vossos amados filhos, à intercessão de São Maron,concedo-vos a todos de coração a minha Bênção apostólica.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *