Formação

Maria, mãe dos homens

comshalom

Conêgo José Vidigal de Carvalho

Em virtude de sua maternidade divina, Maria tem também a maternidadeespiritual sobre os homens. Com júbilo os cristãos receberam aspalavras de Jesus lá no Calvário dirigidas a São João, representante detoda a humanidade: “Eis aí tua mãe” (Jo 19,27). No momento daEncarnação do Verbo começou a Maternidade natural de Maria com relaçãoa Jesus, mas também sua maternidade espiritual a respeito dos osseguidores do Redentor. A razão é simples, pois se Cristo é o Rei detodos os regenerados, e a Cabeça do Corpo Místico que é a Igreja, quemgerou a cabeça gerou também todos os membros. São Paulo doutrinou:“Embora sejamos muitos, formamos um só corpo em Cristo, e cada um denós é membro um do outro” (Rm 12,5) […]

“Não sabeis que vossos corpos sãomembros de Cristo?” (1Cor 6,15) […] “Ora, vós sois o corpo de Cristoe cada um, de sua parte, é um dos seus membros” (1Cor 12,27) […] “Eleé a Cabeça do corpo, da Igreja (Cl 1,18). Donde a conclusão de SãoLourenço de Bríndisi: “Como Eva foi mãe de todos os homens, assim Mariaé a Mãe de todos os cristãos que são membros de Cristo, pelo que aIgreja se chama corpo de Cristo”. Por isto ela merece todo o amor dosepígonos do Salvador por ser também a Mãe amantíssima dos discípulosdeste Mestre divino. Ela ama a todos os batizados com um amor intenso einefável. É Mãe de misericórdia, Co-redentora do mundo. Eis por quemerece de todos os regenerados uma dileção sem limites.

Ela é a grande benfeitora. Explica São Bernardino de Sena: “Desde omomento em que a Santíssima Virgem concebeu em seu seio o Deus Homem,adquiriu certa jurisdição e autoridade em tudo o que temporalmenteprocede do Espírito Santo e isto de tal modo que nenhuma criaturarecebe de Deus alguma graça senão segundo as dispensações da VirgemSanta. Com efeito, sendo Jesus nossa Cabeça da qual flui no Corpomístico a graça, a Virgem é como o liame entre esta Cabeça divina e osdemais membros, ligação pela qual toda esta corrente celestial passa acircular neste Corpo Místico”. Ela é como a poderosa Ministra dostesouros da divindade. Por suas mãos passam todas as riquezas do eráriodivino. É o oceano imenso de graças, dons e carismas celestiais. Todosos sedentos, todos os necessitados que padecem alguma tribulação indoaté ela tudo alcançam. Ela obtém a redenção dos cativos do demônio, asalvação dos enfermos, o consolo dos tristes, o perdão dos pecadores, agraça para os justos, a alegria para todos. Daí a retribuição querecebe em louvores ininterruptos. A ela se podem aplicar também aspalavras da Carta aos Hebreus: “Aproximemo-nos, pois, confiadamente dotrono da graça, a fim de alcançar misericórdia e achar a graça de umauxílio oportuno” (Hb 4,16). Aliás, com razão assim se expressou SãoBoaventura: “Se queremos graças, vamos até à Cheia de graças”. Gabrieljá havia proclamado ao se dirigir a Ela no momento da Anunciação:”Nãotemas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus” (Lc 1,30). Eis porque Pio XII a chamou “Onipotência suplicante”, por que tudo pode juntodo Onipotente Senhor. São Bernardo então aconselha a todos: “Maria éessa estrela esplêndida que se eleva sobre a imensidão do mar,brilhando pelos próprios méritos, iluminando por seus exemplos. Ó tuque te sentes longe da terra firme, levado pelas ondas deste mundo nomeio dos temporais e das tempestades, não desvies o olhar da luz desteAstro, se não quiseres perecer. Se o vento das tentações se elevar, seo recife das provações se erguer na tua estrada, olha para estrela,chama por Maria. Se fores sacudido pelas vagas do orgulho, da ambição,da maledicência, do ciúme, olha para a Estrela, chama por Maria. Nosperigos, nas angústias, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca Maria. Queseu nome nunca se afaste de teus lábios, que não se afaste de teucoração; e para obter o auxílio da sua oração, não te descuides do seuexemplo de vida. Seguindo-a, terás a certeza de não te desviares;suplicando-lhe, de não desesperar; consultando-a de não te enganares.Se ela te segurar, não cairás; se te proteger, nada terás de temer; sete conduzir, não sentirás cansaço; se te for favorável, atingirás oobjetivo”. Venturoso o que confia nesta Mãe admirável, tão poderosa!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *