Notícias

Minha Essência foi o ‘empurrão de Deus’ para não desistir, afirma Thiago Brado

Com três discos e apresentações por todo o país, Thiago Brado continua firme espalhando o perfume de Jesus. Afinal, o seu chamado, a sua essência é exalar o cheiro de Deus.

Paranaense, querido pelo Nordeste. No terceiro ano de participação no Halleluya, o coração de Thiago Brado estava a mil pela apresentação no palco principal do evento. O público, claro, esperava com ansiedade a música que o tornou conhecido no meio musical católico: Minha Essência. Em coro, milhares de pessoas cantaram: “É tudo o que tenho recebe o meu nada…”.

Mas como nasceu essa canção? Segundo Thiago Brado, a música foi o “empurrão de Deus” para que ele permanecesse na missão, foi o “divisor de águas”. O artista conta que tinha gravado um CD e, depois de um ano e meio na missão, estava desanimado. Conversando com uma amiga, ela o orientou a fazer uma música do evangelho de Lucas 7:36, que fala da pecadora perdoada.

“Eu li o evangelho, fechei a bíblia e fiz a canção em seguida. Minha essência nasceu assim. Foi a única música que fiz até hoje depois de ler a palavra. Depois disso, tudo teve sentido. Não era pra eu parar, desistir. Minha missão existe e se deve aquela madrugada”.

Com três discos e apresentações por todo o país, Thiago Brado continua firme espalhando o perfume de Jesus. Afinal, o seu chamado, a sua essência é exalar o cheiro de Deus.

Suficiente para Mim

Um dos grandes momentos na apresentação de Thiago Brado foi a música Suficiente para Mim, feat com o Missionário Shalom. Antes do show, o cantor disse: “Se eu não cantar essa canção eu apanho. É dever de casa. Bem especial”. Lançada em 4 de outubro de 2018, a canção é um dueto entre Thiago Brado e Guilherme Pontes, e surgiu do projeto de lançamento de novas canções da banda cearense.

Aldeson Matos


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *