Formação

Minhas palavras, porém, não passarão

comshalom

O objetivo desta seção é levá-lo a ler,meditar e orar com a Palavra de Deus através do antigo e comprovado método daLectio Divina que conforme o Catecismo da Igreja consiste em quatro passos:leitura, meditação, oração e contemplação.

 

Inicie pedindo o auxílio do EspíritoSanto, de forma espontânea ou com esta conhecida oração: “Ó vinde EspíritoSanto, enchei os corações dos vossos fiéis, acendei neles o fogo do vosso amor.Enviai Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado e renovareis a face daterra”. Oremos: “Ó Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luzdo Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo omesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo Senhor nosso.Amém”.

Como são suas palavras? O que você mais faladurante o dia? Quais os frutos de suas palavras na sua vida e na das pessoascom quem você se relaciona?

Tomemos hoje o seguinte trecho: Mt 12,33-37.Leia-o com atenção, à meia voz, pelo menos três vezes. Agora leia novamente, emsilêncio, meditando com os mesmos versículos. Procure confrontar sua vida com aPalavra anunciada. Siga todos os passos para uma boa Lectio.

Na Carta aos Hebreus lemos que a “Palavra de Deus é viva e eficaz e maispenetrante que qualquer espada de dois gumes: penetra até dividir alma eespírito, junturas e medulas. Ela julga as disposições e intenções do coração”(Hb 4,12). Já o profeta Isaías dizia: “Seca-sea erva, murcha a flor, mas a Palavra de Deus subsiste para sempre” (Is40,7). No Evangelho, o próprio Jesus disse: “Passarãoo céu e a terra. Minhas palavras, porém, não passarão” (Mt 24,35). Vocênotou a importância e o valor que tem a Palavra de Deus?

Você já pensou se Jesus nada tivesse falado?Certamente você conhece o ditado que diz que um gesto vale mais que milpalavras. Os gestos de Jesus “falam” por si mesmos como, por exemplo, aEucaristia e o lava-pés. Porém, o Mestre gostava de ensinar e explicar o quefazia principalmente aos seus discípulos. O último evangelista, São João,escreve que Jesus é o Verbo de Deus, a própria Palavra existente desde o inícioda Criação e que veio habitar entre nós (cf. Jo 1,1ss).

Além de anunciar o Reino, Jesus envia seusdiscípulos para pregar o Evangelho, a Boa Nova da salvação. Quem acreditasse notestemunho, na palavra deles, seria salvo. Na oração sacerdotal Jesus reza nãosó pelos seus discípulos, mas pelos que por meio deles creriam nele e nas suaspalavras (cf. Jo 17,20). Deu para perceber a importância que Jesus dá àspalavras? E como gastamos tempo com coisas inúteis e palavras que não edificam!

É bom esclarecer que no versículo de Mt12,36, Jesus recrimina as calúnias, os falsos testemunhos, as palavras quedestroem a vida dos outros. Mas no versículo seguinte, o Senhor nos questionaacerca da nossa linguagem. Em outra parte Ele nos diz: “Quem se declarar por mim diante dos homens também eu me declararei porele diante do meu Pai que está nos Céus” (Mt 10,32).

 

Oração

Clamemos os dons do Espírito Santo paraouvir, entender, praticar e proclamar com ousadia a Palavra de Deus. Peçamos umnovo ardor como o dos apóstolos que “nãopodiam deixar de falar das coisas que viram e ouviram” (At 4,20). Comeceassim ou como o Espírito o mover: ‘Vem, Espírito Santo, dá-nos um novoPentecostes, nova explosão evangelizadora, novas testemunhas, novos apóstolos,novo céu e nova terra. Dá-nos, hoje, os sinais que acompanham o anúncio doReino. Dá-nos curas e milagres, expulsões de demônios, conversões de corações!Ó fogo abrasador, aquece o que está frio! Ó luz dos corações, vem iluminar astrevas da ignorância acerca do Cristo! Ó Consolador boníssimo, dá-nos aspalavras certas, na hora certa para o bem dos teus filhos necessitados… ’Continue sua oração livremente…

Deixe que o mesmo Espírito aja em sua almaconduzindo-o à contemplação dos mistérios de Deus. Abra-se à contemplação daEncarnação do Verbo e da necessidade da pregação para a salvação do mundo.Você, que recebeu a Palavra, o próprio Jesus, também é enviado paraanunciá-lo…

Caso não tenha rezado escrevendo no seucaderno, tome-o agora e anote as graças desta Lectio.

Santos apóstolos, pastores e mártires, rogaipor nós que peregrinamos nesta vida à caminho do céu. Ó Maria, Rainha dosapóstolos e Rainha dos mártires, rogai por nós!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *