Formação

Na Quaresma para na Páscoa, tudo novo!

comshalom

Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc.
Arcebispo de Vitória/ES

A cada ano, nós cristãos, celebramos o mistério pascal com toda asolenidade que está ao nosso alcance porque se trata de um eventoabsolutamente novo e cheio de sentido. É o caminhar da história dahumanidade, todos os dias e anos, que vem acompanhado da presençasalvífica do Filho Deus que se fez homem e habitou no meio de nós.Revelou-se como Caminho Verdade e Vida. Libertou-nos do pecado e detodo o pecado. Palavra Eterna e Criadora!

Palavra de Deus que se fez homem! Hoje,na história, recria a humanidade, restaura-a e, indica-lhe o horizontede seu destino eterno. A Páscoa é o Caminho da felicidade sem fim juntoao Criador! Dor, luto, qualquer sofrimento desaparecerão. A Páscoa nostransporta para a Paz definitiva que tanto almejamos.

A Páscoa é sempre precedida da quaresma que é um tempo especial navida do cristão católico. Durante esse tempo o cristão faz umaavaliação de sua fidelidade a Deus na sua vida cotidiana. Por isso, aIgreja, convida-o a dedicar-se mais à oração, ao jejum, à abstinência eà prática da caridade. Esta é a estrada para a Celebração da Páscoa! AOração faz com que a pessoa silencie o seu coração, escute a Deus erenove sua vida no Espírito. O jejum faz com que a pessoa domine o seucorpo, sua ambição, sua auto-estima para que não se transformem emvaidade e egoísmo. A Caridade é a expressão viva do Amor que vem deDeus e não pode ficar apequenada no correr da historia. É na caridadeque o cristão católico anuncia com autenticidade a Pessoa de JesusCristo, Deus Amor, que se revelou para nós na figura humanaensinando-nos a ser profundamente humanos com Ele e Nele, verdadeirosfilhos de Deus!

A quaresma é, portanto, o Tempo de renovarmos nossa fé e tornarmosnossa Esperança mais sólida, fazendo com que nosso testemunho perantetanta gente desesperada seja uma luz de otimismo e de Esperança. APáscoa é expressão desta Esperança! Esperança que não é vã e não morreporque revestida de uma certeza absoluta em Deus que é fiel, enviou seuFilho como Páscoa para que nós também fizéssemos, com Ele e Nele, aPáscoa, saindo do mundo do Pecado para Reino da Vida Eterna, o Reino daPaz e do Amor que tanto buscamos desde o nosso nascimento como sereshumanos e como seres redimidos pela Páscoa do Batismo.

O Tema da Campanha da Fraternidade, “Fraternidade e SegurançaPública” e o Lema “A paz é fruto da justiça”, move o nosso coração paraque o Mistério da Páscoa aconteça em nossa vida pessoal, em nossa vidafamiliar e em nossa vida como sociedade. Embora nem todos sejamcristãos, nós, a Igreja, temos o dever e a missão de apresentar aoscristãos católicos e pessoas de boa vontade, temas que julgamosimportantes para reflexão de toda a sociedade, temas que possam ajudara todos na construção de um mundo mais justo e fraterno.

A insegurança e a violência são sinais do mundo dominado pelopecado, pelo mal. Com a Morte e Ressurreição de Jesus o mal já foivencido, porém, os sinais dessa vitória, na história da humanidade, vãoacontecendo concretamente nas escolhas que cada pessoa faz na sua vida.O Grande Evento Libertador de Jesus atualiza-se pelo poder do próprioDeus que instituiu o seu Novo Povo e o enviou para que fizesse o mesmoque Ele fez na Santa Ceia. O pecado já foi vencido e vem sendo vencido.A Páscoa já aconteceu e vem acontecendo no caminhar da historia. Porisso, todas s vezes que celebramos o Mistério da Páscoa celebramos avitória sobre o pecado. Aos poucos os sinais de graça, de vitória vãose multiplicando no meio de nós, e vão sinalizando esta NovidadeAbsoluta do Reinado de Deus, em direção à Vitória definitiva, no fim dahistória, quando passaremos para a realidade ‘transhistórica’, arealidade do Reino e reinado de Deus que Jesus instaurou e constituiu oseu Novo Povo como Sinal e Instrumento deste Reino. Assim a segurançano meio da insegurança pública é um sinal pascal. A justiça no meio deum mundo cheio de ódio é um sinal pascal. Por isso, anunciamos o Reinode Deus e denunciamos indignados o pecado sinalizado na insegurançapública e na injustiça social como também o mundo violento de hoje.

Denunciamos e comprometemo-nos em colaborar para acontecer justiça e cultivar uma nova cultura que devolva a paz e a segurança!

A Igreja, Novo Povo de Deus, convida-nos a fazer a Páscoa. Como?Saindo da injustiça para a justiça, começando em nosso coração, eexpandindo para o coração de nossa família e de nossa sociedade.Abracemos a paz! Tornemo-nos anunciadores e promotores desta paz quetanto almejamos.

A campanha da Fraternidade nos ajuda a fazer a Páscoa. Pela Páscoapassaremos de um mundo do pecado, do ódio, violências que provocam ainsegurança de pessoas e famílias para uma Sociedade segura. Aoexperimentarmos a força do Amor, a beleza da Justiça e a ternura daPaz, que vêm de Deus, tudo se torna Novo, Nova Terra e Novos Céus!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *