Formação

Natal: Dorme em paz, ó Jesus!?

comshalom

Menino Jesus
Menino Jesus

“Dormeem paz, ó Jesus!” é um trecho da canção “Noite feliz”. Cantada há quaseduzentos anos por milhões de pessoas, em várias línguas e em todo omundo. A canção é belíssima, composição Austríaca, musicada por FranzGruber. Mas, convenhamos, abstraindo-se do clima piedoso e eufórico donatal, será que diante da manjedoura poderíamos cantar para omenino-Deus: “Dorme em paz, ó Jesus!”?


Vendo-oem volto às palhas, em completa pobreza, baforado pelo hálito deanimais, num ambiente fétido seríamos tão insensíveis de desejar àquelacriança que dormisse em paz.

Que paz se deseja ao menino Jesus?


Seriaa paz que se costuma felicitar aos pobres, aos necessitados emoribundos com os quais cruzamos diariamente? É bem verdade que ocotidiano pode, sim, mal acostumar o homem a tratar o mais fraco comindiferença.


Equando o outro se torna um peso morto ante nossos olhos mesmo oespírito natalino é vivenciado de forma superficial. Nesta experiência,ao cantarmos “Dorme em paz, ó Jesus!”, correspondente ao “fique empaz”, materializados nas doações que se faz com freqüência nesta época,não poucas vezes, poderia ser traduzido por, deixe em paz, ó Jesus,deixe-me em paz, tu que sofres. Deixe-me em paz.


Onatal é envolvido dum clima magnífico de solidariedade e não podemosdesperdiçar a oportunidade de se crescer na fé, na esperança e nacaridade; de sermos melhores; de ousarmos o amor, de ajudarmos o outro,mas não só nesse período.


Assim,diante da manjedoura do Menino e dos inúmeros pobres que nos cercampoderíamos entoar uma canção que trouxesse esperança e votos deverdadeira Paz, aquela que se manifesta no amor, em todos os meses doano.

 

Vanderlúcio Souza

vanderluciosz@yahoo.com.br


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *