Notícias

Nota de Pesar pelo falecimento de Rita Lima de Gomes

Exemplo de radicalidade na vivência da vocação, ela ofertou seus melhores perfumes no ordinário da sua vida

comshalom

Com imenso pesar, mas cheios de fé na Ressurreição do Senhor, comunicamos o falecimento  de Rita Lima de Gomes, postulante de segundo ano da Comunidade de Aliança. Rita fez sua páscoa ontem, 28, em decorrência de complicações com a Covid 19. Ingressou na Comunidade no ano de 2019 e ofertava seus melhores perfumes ao Senhor no Ministério de Intercessão. 

“Dona Rita teve uma forte experiência com amor de Deus. Depois de grandes  perdas, primeiro o seu esposo, depois seu filho. Era viúva, vivia sozinha, passou toda essa obra em sua carne que a fez mudar de vida. A partir dessa experiência buscou colocar sempre a vontade de Deus em primeiro lugar, passou a ser uma mulher de devoções e uma forte intercessora, também muito comprometida com a comunhão de bens, era muito generosa e aberta a necessidade dos irmãos, como também era perseverante nas decisões. Para ela a vocação Shalom era motivo de alegria,  via como bem em sua vida: um presente de Deus.”  Nilza Santos – Formadora Comunitária de Rita durante dois anos

De acordo com sua primeira formadora pessoal  Fátima Souza,  era mulher de oração e intercessora fiel, tinha seu horário semanal na Capela para adoração.

Ela intercedia pelas causas da Comunidade. Ela se interessava pelo outro. Fiquei surpreendida de ver ela procurar conversar com os jovens da obra Shalom. Dona Rita buscava dar o melhor a Deus. Ela ajudava irmãos além da Comunhão de Bens dela. Buscava ser radical em toda a vivência da vocação.” revela Fátima.

“Ela se interessava pelo outro. Fiquei surpreendida de ver ela, sendo idosa, procurar conversar com os jovens da obra Shalom.” revela Fátima

Marcada por sua simplicidade, pureza e retidão de coração, ela testemunhou aos irmãos que tocaram em sua vida ser alguém que verdadeiramente era íntima do Senhor. 

“Tive a graça de em uma reciclagem dividir o quarto com Tia Rita. Uma história de vida sofrida e mesmo assim era possível lhe ver contando e ainda sorrindo, sendo grata a Deus. Lembro de você envergonhada porque dizia ‘não saber rezar’ enquanto nós olhávamos e pensávamos ‘queríamos rezar como ela, queríamos ser amigas de Deus como ela é’. E agora ela retorna para seu lugar, onde não existe dor, nem mal algum. Tia Rita, que Deus te acolha, interceda por nós daí para que tenhamos um coração tão humilde como o seu.” Luciele Hortencio – Consagrada da Comunidade de Aliança 

Ainda em vida Rita foi socorro aos irmãos pela sua presença, partilha de bens e principalmente pela oração. Cremos que ela está junto do Pai e do céu continuar a interceder por nós.

Missão Sobral


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Grande testemunho de simplicidade e desejo de aprender apesar da sua idade. Pude algumas vezes partilhar com dona Rita e perceber que ela estava feliz, pois tinha encontrado na vocação um novo sentido de vida.