Formação

O Espírito Santo

comshalom

Introdução

O catecismo da Igreja católica diz, no seu Art. 683: "Para estar em contato com Cristo é preciso primeiro ter sido tocado pelo Espírito Santo. É Ele que nos precede e suscita em nós a fé".

Vamos então recordar um pouco do que foi visto na doutrina trinitária, a fim de penetrar neste mistério da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade.

Doutrina Trinitária

O Art. 253 do CIC diz que a Trindade é una. Não professamos tres deuses, mas um só Deus em tres Pessoas, inseparáveis, tanto naquilo que são, quanto naquilo que fazem (CIC 267). As Pessoas divinas não dividem entre si a única divindade, mas cada uma delas é Deus por inteiro. "Por causa desta unidade, o Pai está todo inteiro no Filho, todod inteiro no espírito santo; o Filho está todo inteiro no Pai, todo inteiro no Espírito Santo; o Espirito Santo, todo inteiro no Pai, todo inteiro no Filho"(CIC 255 e conc. de Florença 1442, DS 1331).

Porém, como diz o Catecismo no seu Art. 254, a unidade divina é trina. O que quer dizer isto? Que apesar de inseparáveis, elas são distintas entre si. Pai, Filho e Espírito Santo são distintos entre si pelas suas relações de origem. A distinção real das Pessoas divinas entre si reside unicamente nas relações que as referem umas às outras: O Pai gera o Filho, o Filho é gerado pelo Pai, e o Espírito Santo procede dos dois.

Toda a Economia Divina é obra comum das três Pessoas divinas (CIC 258). Mas na única operação divina, cada uma delas manifesta o que lhe é próprio na Trindade, sobretudo nas missões divinas da Encarnação do Filho e do Dom do Espírito Santo (CIC 267).

A Missão Conjunta do filho do Espírito

CIC 689: " Aquele que o Pai enviou aos nossos corações, o Espírito do seu Filho, é realmente Deus (Gl 4,6). Consubstancial ao Pai e ao Filho, ele é inseparável dos dois, tanto na vida íntima da Trindade, quanto no seu dom de amor pelo mundo. Mas ao adorar a Santíssima trindade, vivificante, consubstancial e indivisível, a fé da Igreja professa também a distinção das Pessoas. Quando o Pai envia o Seu Verbo, envia sempre o seu Sopro: missão conjunta em que o Filho e o Espírito santo são distintos mas inseparáveis. Sem dúvida, é Cristo que aparece, Ele, a Imagem visível do Deus invisível; mas é o Espírito Santo que o revela. Jesus cristo, "ungido", poruqe o Espírito é a unção dele, e tudo o que advem a partir da Encarnação decorre desta plenitude (Jo 3,34). Quando finalmente Cristo é glorificado (jo 7,39), pode, por sua vez, de junto do Pai, enviar o Espírito aos que crêem nele: comunica-lhes a sua glória (Jo 17,22), isto é, o Espírito Santo que o glorifica(Jo 16,14). A missão conjunta se desdobrará então nos filhos adotados pelo Pai no Corpo de seu Filho: a missão do Espírito de adoção será uní-los ao cristo e fazê-los viver nele".

O Espírito no Tempo das Promessas

CIC 702: "Desde o começo até a "Plenitude do tempo"(Gl 4,4), a missão conjunta do verbo e do Espírito do Pai permanece escondida, mas está em ação. O Espírito de Deus prepara aí o tempo do Messias, e os dois, sem serem ainda plenamente revelados, já são prometidos, a fim de serem esperados e acolhidos quando se manifestarem. É por isso que, quando a Igreja lê o Antigo Testamento, procura nele o que o Espírito, "que falou pelos profetas"(*), quer falar a respeito de Cristo".

(*) Por "profetas", a fé da Igreja entende aqui todos aqueles que o Espírito Santo inspirou na redação dos livros sagrados, tanto do Antigo como do Novo Testamento.

O Espírito Santo na Criação

CIC 703: "A Palavra de Deus e o seu Sopro estão na origem do ser e da vida de toda criatura":

Salmo 33,6: " Pela Sua Palavra, o Senhor fez os céus, e todo o exército deles, com o Sopro de Sua boca".

Salmo 104,30: "Envias o teu Sopro, são criados, renovas a superfície do solo".

Gênesis 1,1-2: "Quando Deus iniciou a criação do céu e da terra, a terra era deserta e vazia, e havia treva n superfície do abismo; o Sopro de Deus pairava na superfície das águas".

Gênesis 2,7: "O Senhor Deus modelou o homem com o pó apanhado do solo, . Ele insuflou nas suas narinas o hálito da vida, e o homem se tornou um ser vivo".

Ecl 3,21: "Quem conhece o sopro dos filhos de Adão, que sobe, ele, para o alto, enquanto o sopro dos animais vai para baixo, para a terra?".

O Espírito da Promessa

CIC 707: "As Teofanias (manifestações de Deus) iluminam o caminho da promessa, desde os Patriarcas até Moisés, e de Josué até as visões que inauguram a missão dos grandes Profetas. A tradição sempre reconheceu que nas Teofanias o verbo de Deus se fazia ver e ouvir, revelado, e ao mesmo tempo "oculto"na Nuvem(*) do Espírito Santo.

(* ) Ezequiel 37,1-14.

O Espírito de Cristo na Plenitude do Tempo

O que é a "plenitude do tempo":

É o cumprimento das promessas e das preparações.(CIC 484)

João 1, 6-7: "Houve um homem enviado por Deus; seu nome era João. Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos cressem por meio dele".

Lucas 1,15: "será repleto do Espírito Santo desde o seio de sua mãe".

"Em João, o Precursor, o Espírito Santo concluía a obra de preparar para o Senhor um povo bem disposto".O Batismo de João era para o arrependimento, o Batismo da água e no Espírito será um novo nascimento".

CIC 485: "A missão do Espírito Santo está sempre conjugada e ordenada à do Filho. O Espírito santo é enviado para santificar o seio da Virgem Maria e fecundá-la divinamente, ele que é o "Senhor que dá a Vida", fazendo com que ela conceba o Filho Eterno do Pai em uma humanidade proveniente da sua".

CIC 721: "Maria, a santíssima Mãe de Deus, sempre Virgem, é obra prima da Missão do Filho e do Espírito na plenitude do Tempo. Pela primeira vez no plano da Salvação e porque o Seu Espírito a preparou, o Pai encontra a Morada em que Seu Filho e seu Espírito podem habitar entre os homens".

CIC 722: "O Espírito Santo preparou Maria com a sua Graça. Convinha que fosse "Cheia de Graça" a mãe daquele em que habita coproralmente a plenitude da divindade.

CIC 723: "Em Maria, o Espírito santo realiza o desígnio benevolente do Pai. É com e pelo Espírito Santo que a Virgem concebe e dá à luz o Filho de Deus.

CIC 727: "Toda a missão do Filho e do Espírito Santo na plenitude do tempo está contida no fato de o Filho ser o Ungido do Espírito do Pai desde a Sua Encarnação: Jesus é o Cristo, o Messias. Toda a obra de Cristo é missão conjunta do Filho e do Espírito Santo".

CIC 486: "Ao ser concebido como homem no seio da Virgem maria, o Filho Único do Pai é "cristo", isto é, "ungido pelo Espírito Santo"(Mt 1,20/Lc 1,35), desde o início da sua existência humana, ainda que a sua manifestação só se realize progressivamente: aos pastores(Lc 2,8-20), aos magos(Mt 2,1-20), a João Batista(Jo 1,31-34), aos discípulos(Jo 2,11). Toda a vida de Jesus Cristo manifestará, portanto, "como Deus o ungiu com o Espírito e com poder"(At 10,38).

CIC 535: "A vida pública de jesus tem início com o seu Batismo por João no Rio Jordão(At 1,22).

CIC 536: "O Espírito que Jesus possui em plenitude desde a sua concepção vem "repousar"sobre Ele. Jesus será a fonte do Espírito para toda a humanidade. No Batismo de Jesus "abriram-se os Céus", que o pecado de Adão havia fechado. É o prelúdio da nova criação.

CIC 538: "Os Evangelhos falam de um tempo de solidão de Jesus no deserto, imediatamente depois do seu Batismo por João: "Levado pelo espírito ao deserto, jesus ali fica quarenta dias sem comer, vive com os animais selvagens e os anjos o servem (Mc 1,12-13). No final dessa permanência, Satanás o tenta por três vezes, procurando questionar sua atitude filial para com deus. jesus rechaça esses ataques que recapitualm as tentações de Adão no Paraíso e de israel no deserto, e o Diabo afasta-se dele "até o tempo oportuno"(Lc 4,13).


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *