Formação

O Menino é Deus conosco

comshalom

Umdos episódios lindos da história sagrada é o encontro de Deus comAbraão junto ao carvalho de Mambré. Deus conversou com Abraão sobre ofuturo, enquanto Sara escutava atrás da porta. Abraão serviu umarefeição ao Senhor sob a árvore (Gen 18, 1-5). Magnífico: Deusconversou e tomou uma refeição com Abraão!

Maislindo é o que acontece no Natal: Deus assumi a nossa natureza humana evem morar conosco. O poeta se encanta com a mão amiga no ombro a darcoragem e consolo. Imagina Deus morando entre nós, caminhando conosco,qual membro de nossa família! Como a dizer: Vocês não são uma naçãorejeitada. Pelo contrário, são bem amados, conforme os anjos cantaramna noite santa: “Glória a Deus nas alturas e na terra paz aos homensque Ele ama” (Lc 2, 14).

Setu vives na solidão e te sentes em abandono, lembra-te: O Menino estácontigo e te ama. Ele desceu das alturas divinas para morar contigo.

Avéspera do Natal é tempo de esperança. Também para a família e para ascomunidades. É igualmente tempo de solidariedade: O que o Menino fazpor nós, de algum modo nós fazemos para os necessitados. Não só ospobres, mas também as pessoas idosas, abandonadas, no hospital, nopresídio, na rua.

Umacoisa difícil, mas que agrada a Deus é o perdão e a reconciliação. Comodiz uma oração eucarística: “Vosso Espírito Santo move os corações, demodo que os inimigos voltem à amizade, os adversários se dêem as mãos eos povos procurem reencontrar a paz”.

Quandoeu era coroinha, sempre achei lindo o convite do padre na Missa, emlatim: “Sursum corda”! (Corações ao alto!). É o convite para o povo acaminho. É proibido desanimar! Faço meu o convite da liturgia:“Levantai vossa cabeça e olhai, pois a vossa redenção se aproxima”!

Feliz Natal!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *