Formação

O pão da unidade

comshalom


 Dom Aloísio Sinésio Bohn


Moiséscaminhou à frente do povo hebreu através do Mar Vermelho e do desertoaté a terra prometida. Jesus Cristo é o novo Moisés, que, através desua morte e ressurreição, preside o novo povo de Deus em esperançasolidária, rumo à vida plena, transfigurada em Cristo.

Oshebreus celebravam o memorial pascal com uma refeição de agradecimentopelos benefícios recebidos, de modo especial pelo Êxodo, isto é,passagem da terra da opressão para a terra da liberdade.

JesusCristo instituiu a ceia da nova aliança com o novo povo de Deus, dandoa si mesmo como alimento do seu povo; seu corpo imolado por nós e seusangue derramado por nós na cruz.

Na Eucaristia adoramos aquele que estava morto e agora vive para sempre (Ap 1, 18).

OCatecismo da Igreja Católica lembra que “a celebração do sacrifícioeucarístico está toda orientada para a união dos fiéis com Cristo, quese ofereceu por nós” (nº 1382).

AEucaristia não é uma simples refeição fraterna, mas um verdadeiro cultode adoração: “Tomai e comei, isto é o meu corpo; este é o meu sangue daaliança que se derrama por todos” (Mc 14, 22-24).

Desde o tempo dos Apóstolos a Igreja crê na presença real de Cristo noSantíssimo Sacramento. É convicção da Igreja que esta é a vontade doSenhor para que Ele seja Emanuel, Deus próximo do ser humano, comoSalvador.

OApóstolo Paulo diz claramente: “A taça de bênção que abençoamos, não écomunhão com o sangue de Cristo? O pão que partimos, não é comunhão como corpo de Cristo”? (1 Cor 10, 16).

Éainda Paulo que tira as conseqüências da comunhão no mesmo pãoeucarístico: “Um é o pão e um é o corpo que formamos, apesar de muitos”(1 Cor 10,17).

Seformamos um corpo em Cristo, somos convidados a viver como irmãos eirmãs no Senhor, promovendo o bem de todos, trabalhando pela paz e pelasobrevivência da humanidade, através da preservação da criação.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *