Formação

O Tesouro da Mãe

comshalom

“Oh Minha Mãe, muito amada,
Apesar de minha pequenez,
Como tu, possuo em mim o Todo-Poderoso
Mas eu não temo ao ver minha fraqueza,
Pois o tesouro da mãe pertence ao filho.
E eu sou tua filha, minha Mãe querida.
Tuas virtudes, teu amor me pertencem.
Desta forma, quando a Hóstia branca desce ao meu coração
Jesus, teu Doce Cordeiro, pensa em te repousar”.

Há semanas esta estrofe de um poema de Santa Teresinha nãome sai do coração. A delicadeza e humildade de sua alma a fazem ousada quase aodesatino. Com muita tranqüilidade, diz a Maria que, apesar de ser pecadora epequena, traz em si, assim como ela, o Todo-Poderoso. Audaciosa, diz que nãoteme ao ver-se tão fraca, pois Jesus é o Tesouro da Mãe e ela bem sabe que otesouro da mãe pertence a ela, que é filha.

 Penso quão distantemuitas vezes nos encontramos desta Mãe de Misericórdia, Mãe Amada e zelosa pelasantidade de todos nós. A intimidade entre Santa Teresinha e ela, tão patentenesta pequena estrofe, é rica de profundos ensinamentos espirituais eteológicos que bem podem nos servir para, como a santinha carmelita,considerarmos Maria mais mãe que rainha.

Sabemos bem que pelo Batismo todos nós trazemos em nossointerior a Trindade Santa. Tornamo-nos “habitação da Santíssima Trindade”,lugar onde vivem e agem o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Cada um de nós é,portanto, um sacrário vivo da Trindade. Teresinha, porém, não utiliza o verbo“habitar” ou “trazer” como o Catecismo. A certeza do amor de Deus por ela a fazousada a ponto de comparar-se com a Mãe de Deus e dizer que, tal como ela,“possui” o Todo-Poderoso.

A posse que o homem tem de Deus, verdade tão bela quantointangível, se deve, naturalmente, à graça de Deus que se dá a nós a ponto denos deixar possuí-lO. É uma posse de entrega total de si, por amor. É este otestemunho da Palavra, do Gênese ao Apocalipse. É este o testemunho eensinamento da Igreja, este o testemunho dos místicos e mártires: o DeusTodo-Poderoso se dá constante e inteiramente a todos os homens e a cada homem ecom o homem deseja relacionar-se a tal profundidade e com tal amor que ambos sepossuam. Tal posse não depende de nossos méritos, mas é dom gratuito daMisericórdia de Deus. Tem, portanto, razão, Santa Teresinha, quando afirma quepossui o Todo-Poderoso assim como Maria O possui.

Como parte do tesouro da Mãe, o amor de Maria dá à filhinha,além do próprio Jesus, seu amor e suas virtudes, a tal ponto e com talperfeição que, quando Teresinha comunga, o “Doce Cordeiro de Maria” crêrepousar no seio da Mãe.

O quanto peço ao Senhor que eu e cada um dos seus filhos, nomeio da correria do nosso dia-a-dia, onde tantas coisas parecem maisimportantes do que Deus, possamos dedicar nosso tempo e, principalmente, todonosso ser, para orar como Teresinha e, por meio da Mãe, encontrar e possuireste Doce Cordeiro que se entrega a nós em cada Eucaristia!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *