Formação

Orar continuamente

comshalom

Neste primeiro mês do ano 2008 as esperanças chegam com toda a força, reiniciando aos poucos as atividades, em clima de férias para alguns, de trabalho para a maioria; um mês atípico, diferente dos 11 meses que vem pela frente.

Penso que independentemente dos afazeres, todos nós precisamos manter as antenas ligadas, dando um sentido maior a tudo o que fizermos diariamente. Por este caminho, o apóstolo Paulo escrevendo aos cristãos de Tessalônica, recomenda: “Por favor, irmãos: corrijam os que não fazem nada, encorajem os tímidos, sustentem os fracos e sejam pacientes com todos. Cuidem que ninguém retribua o mal com o mal, mas procurem sempre o bem uns dos outros e de todos. Estejam sempre alegres e orem sem cessar”.(Ts 5,14-17).

A atitude que deve ser mantida sempre, mesmo quando as coisas ou as pessoas nos atrapalhem, é a mútua e contínua caridade, expressa na solidariedade e na prática do bem, seja com quem for. Para que tudo seja mantido com vigor e perseverança, a base é a alegria e a oração. Permaneçam “sempre alegres e orai sem cessar”. A alegria que se caracteriza pela satisfação de viver e fazer as coisas acontecerem sustentada por uma atitude orante, sem tréguas.

Porque orar continuamente? Porque somos humanos, necessitados da ajuda divina, pois fomos criados à imagem e semelhança de Deus, por isso interlocutores, capazes de entrar numa relação de comunhão com o Pai, criaturas que não estão distantes do criador. Somos filhos e filhas que espontaneamente podem e devem manter um diálogo firme, livre e confiante com Deus Pai. Por isso, orar significa confiar, confidenciar ao Pai o que os filhos sentem e necessitam. Orar sempre confidenciando não só as nossas necessidades e sim as necessidade dos outros. Não somos indivíduos isolados e sim corpo de Cristo unidos pelo graça da salvação.

Como orar continuamente? Não necessita estar ajoelhados o tempo todo e nem no templo dia e noite e nem mesmo multiplicar os atos de oração. Tudo o que fazemos seja orientado para Deus, fazendo a sua vontade: “estudar, trabalhar, sofrer, descansar, até mesmo morrer por Ele”. Uma atitude orante fazendo bem cada coisa, sem pressa, cumprindo os desejos de Deus, oferecendo tudo por Ele, recomeçando sempre, mesmo nas quedas da vida. Em outras palavras, Orar continuamente, significa viver permanentemente o amor. Amar e amar sempre é o caminho do diálogo com Deus e meio de transformar a dor em amor, as trevas em luz, a violência em paz. O orar será continuo, quando soubermos amar continuamente.

Dom Anuar Battisti
Arcebispo de Maringá (PR)

Fonte: Site CNBB


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *