Sua Busca
Categoria
Ordenar por




Rezemos pelas vocações

No quinquagésimo Dia Mundial de Oração pelas Vocações, celebrado neste IV Domingo de Páscoa, 21 de abril de 2013, a mensagem papal nos convida a refletir sobre o tema «As vocações sinal da esperança fundada na fé», “que bem se integra no contexto do Ano da Fé e no cinquentenário da abertura do Concílio Ecumênico […]

Testemunhar Jesus na Cidade

Este ano promete muito. Continuamos a viver o Ano da Fé, já iniciado em outubro passado; com toda a Igreja, somos chamados a aprofundar a vida na nossa fé cristã católica e a manifestá-la ao mundo por um testemunho firme, sereno e alegre. As iniciativas e manifestações do Ano da Fé têm a finalidade de […]

São Vicente de Paulo

Depois dos apóstolos, talvez não haja homem que mais tenha prestado serviços à Igreja católica e à humanidade inteira. Para contribuir à santificsao_vicente_de_paulo1.jpgação do clero e do povo cristão, instituiu uma congregação de missionários, e continua a propagar a fé em todo o mundo. Para a santificação dos sacerdotes e dos fiéis, estabeleceu retiros espirituais, […]

Marcelino Champagnat: Chamado para mudar a educação do seu tempo

O Fundador do Instituto dos Irmãos Maristas, Marcelino Champagnat, nasceu na França em 1789 e viveu a infância durante a Revolução Francesa. Após esse período, a situação escolar degradou-se por completo. Champagnat sofreu as consequências nefastas dessa época. Durante seus estudos no seminário, em Lyon, sentiu a necessidade de formar educadores, capazes de minorar a situação da […]

Mês Missionário:

Em outubro comemoramos o mês das missões e do rosário.Celebramos várias festas Marianas e acontecimentos históricos marcantes como oinício da evangelização nas Américas, o novo mundo que então se descortinava.Nós iniciamos este mês com a Semana Nacional da Vida e o Dia do Nascituro. Asemana e o dia da criança nos levam a refletir sobre […]

Educar para as Virtudes

 O Concílio Vaticano II segundo declarou que: ´Porque deramvida aos filhos, contraem os pais o dever gravíssimo de educar a prole. Porisso, hão de considerar´se como seus primeiros e principais educadores. Essatarefa educacional se revela de tanta importância, que onde quer que falhedificilmente poderá ser suprida. É assim, dever dos pais criar um ambiente talde […]

Onde não há comunicação…

<!– /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Tahoma; panose-1:2 11 6 4 3 5 4 4 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:1627421319 -2147483648 8 0 66047 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; mso-bidi-font-size:12.0pt; font-family:Tahoma; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-font-family:"Times New Roman";}h2 {mso-style-next:Normal; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; text-align:center; mso-pagination:widow-orphan; page-break-after:avoid; mso-outline-level:2; font-size:10.0pt; mso-bidi-font-size:12.0pt; […]

Os gentios no planalto

Seria sumamente estranho encontrar oamador ocupando o lugar do profissional. Causaria espécie ver oenfermeiro realizar operações, deixando o Médico de lado, medindo apressão do paciente.  Seria meter as mãos pelos pés, achar normal osacristão celebrar missa, e o Padre bater campainha.  Entraria naanormalidade permitir que um curioso tenha preferência ao Farmacêutico,para manipular remédios de alta […]

Tempos e contratempos

Nos momentos mais inesperados acontecemas surpresas mais agradáveis e também as mais desagradáveis. Começofalando das mais agradáveis como, por exemplo, as visitas de parentesou amigos, vindos de longe para celebrar o Natal e a passagem para onovo ano. Surpresas agradáveis foram os presentes desejados quechegaram na hora certa. Surpresas agradáveis foram os encontros compessoas pedindo […]

Encíclica “Caritas in Veritate” – Cap 4

CARTA ENCÍCLICA CARITAS IN VERITATE DO SUMO PONTÍFICE BENTO XVI CAPÍTULO IV DESENVOLVIMENTO DOS POVOS, DIREITOS E DEVERES, AMBIENTE 43. « A solidariedade universal é para nós não só um facto e umbenefício, mas também um dever »[105]. Hoje, muitas pessoas tendem aalimentar a pretensão de que não devem nada a ninguém, a não ser […]
1 57 58 59 60 61 62