Igreja

Papa Francisco envia 250 mil euros para a Igreja no Líbano

O Papa Francisco, através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, enviou uma doação de 250.000 euros à Igreja do Líbano, sinal da preocupação de Sua Santidade para com a população afetada pela explosão no porto de Beirute.

O Santo Padre enviou, através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, uma primeira ajuda de 250.000 euros em apoio às necessidades da Igreja libanesa nestes momentos de dificuldade e sofrimento. Este dom pretende ser um sinal da preocupação de Sua Santidade para com a população afetada pela explosão no porto de Beirute, significando Sua paterna proximidade para com aqueles que estão sofrendo e se encontram em dificuldades.

A ajuda foi enviada através da Nunciatura Apostólica em Beirute e será usada para auxiliar as pessoas afetadas pela terrível explosão, que causou várias mortes e milhares de feridos e desalojados, destruindo ao mesmo tempo edifícios, igrejas, mosteiros, instalações civis e de saúde. Diante das necessidades urgentes, uma imediata resposta de socorro foi dada pelas estruturas católicas, através de centros de acolhimento para pessoas deslocadas, junto com a ação da Cáritas Líbano, Cáritas Internationalis e várias Cáritas irmãs.

Todos nos unimos ao convite do Papa Francisco, expresso durante a Audiência geral de 5 de agosto passado, assim que ele tomou conhecimento dos fatos: “rezamos pelas vítimas e suas famílias; e rezamos pelo Líbano, para que, com o compromisso de todos os seus componentes sociais, políticos e religiosos, possa enfrentar este momento tão trágico e doloroso e, com a ajuda da comunidade internacional, superar a grave crise que está atravessando”.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *