Formação

Páscoa nos convida à Vida Nova

comshalom

Desejo aprofundar nessa meditação detalhes de uma vida nova, de uma vida que foi transformada em Cristo Jesus. A primeira coisa a dizer é que essa vida nova é fruto do sacrifício de Cristo na cruz. Foi pelo santo sacrifício de Cristo que fomos resgatados, retirados das mãos do inimigo. Em Jesus, mediante sua oferta incondicional ao Pai em nosso lugar, fomos libertos do poder da morte.

A vida nova nasce da cruz de Cristo. A cruz é essa arvore da vida de onde emana a salvação para todos aqueles que acolhem o seu fruto, Cristo Jesus. Essa vida nova nos é confiada no nosso Batismo e sustentada a cada dia pela Graça divina. Essa vida nova precisa ser alimentada, precisamos fazer crescer o homem novo em nós no dia-a – dia.

Um dos sinais dessa vida nova atuando em nós é a Caridade. Uma caridade viva e atuante para com Deus e nosso próximo. Caridade em atos e palavras. Que nos faz ter compaixão dos que sofrem dos que ainda não conheceram Jesus, por isso ainda vivem uma vida velha, sujeita aos frutos da carne.

Um outro sinal dessa vida nova é a alegria. Esse sinal deve ser bem visível em nós. A alegria é a marca dos cristãos. Eu diria até: é o nosso cartão de visita. Alegria de ser filho de Deus, alegria de ser Igreja, alegria em fazer parte da família dos filhos de Deus.

Alegria em ser para esse mundo uma profecia viva do amor e da misericórdia do Senhor.

Outro sinal dessa vida nova é o louvor e a gratidão. A pessoa que teve uma experiência viva com Cristo Jesus, que teve sua vida transformada pela misericórdia do Senhor, vivi numa constante ação de Graças a Deus. O louvor e a gratidão são a sua linguagem. Essa é a linguagem dos remidos.

O amor pela palavra de Deus é outra característica importantíssima. A palavra nos orienta e nos forma para bem vivermos essa graça.

O amor filial a nossa Senhora. Bem, essa característica é essencial. Devemos imitá-la em nossas vidas, seguir seu exemplo de vida e sempre rogarmos sua intercessão por nós. Ela é a mãe da Graça.

Por fim, falo da importância dos sacramentos para alimento e sustento dessa nova vida. Em especial o sacramento da Eucaristia e da Confissão. A Eucaristia nos fortalece, robustece nossa alma, é o próprio Deus que se da a nós. Seu corpo e sangue é o alimento dos justos. Se queremos ser santos, se queremos cultivar essa vida nova para darmos muitos frutos para a Igreja e alegria ao nosso bom Deus, tenhamos uma atenção toda especial com o sacramento do amor, a Sagrada Eucaristia.

Adoremos mais a Jesus Eucarístico. Passemos mais tempo em sua companhia. Coloquemos em sua presença aqueles que ainda não o conhecem. Que nossas adorações sejam cheias de vida, de expressões de louvor ao Nosso Amado Jesus.

Que nessa quaresma possamos suplicar ao Espírito Santo, aquele que é a força dos fracos, a atenção devida para nossa vida em Cristo. Que esses detalhes da vida nova citados, possa nos ajudar a crescer cada vez mais em Cristo Jesus.

Shalom.

Uma boa e Santo Tempo Litúrgico vivido em Cristo.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *