Formação

Por onde começar a organizar o seu 2021? Confira 6 dicas imprescindíveis

Comece devagar, porém, comece! Caminhe sem pressa, pois a pressa elimina toda chance de boa realização dos seus atos.

comshalom

Parece que a palavra de 2020 foi organização, e com ela vieram também as lutas contra a procrastinação – palavra que até então, ninguém dava a atenção, e a busca pela produtividade em casa. No final das contas, nada disso é válido sem um justo equilíbrio e a compreensão de que organização não é perfeição. 

Acompanhamos em 2019 o “buum” da busca pela vida organizada. No final das contas, soube ser organizado, aqueles que entenderam que nem sempre as coisas acontecem conforme o planejado, e que lidar com imprevistos exige paciência e empenho. Soube ser organizado, quem não surtou quando viu a lista de não realizados, maior do que a de tarefas feitas. Soube ser organizado quem viveu um dia de cada vez, mesmo que tenha planejado o ano todo.

Então, por onde começar o seu 2021?

1 – Comece revisando os planos que você havia feito em 2020

Foram cumpridos? Se sim, comemore. Se não, não desanime… Repense seu ano seguinte, suas metas velhas se renovam e novas surgem. Defina questões reais, não adianta ter como meta uma viagem para o Vaticano se antes você não adequar metas financeiras para isso. Sabe organizar, quem não pula etapas, e quem pisa degrau por degrau.

2 – Organize sua ideias e planos em um lugar

O cérebro foi pensado para criar e não para armazenar. Não confie nele… Tenha um caderno de ideias, e use agenda. Acabou a era em que se pensava que agenda é algo para pessoas influentes. Agenda é para quem quer viver de forma justa e saudável a vida. Agenda é sobre ser prudente também. Hoje, existem ferramentas diversas para isso: aplicativos, agendas impressas, planners (agendas incorporadas), bullet journal (agenda estilo faça você mesmo)… Tudo está ao seu alcance, escolha a que está mais próxima do seu estilo.

3 – Saiba dizer não

Ser uma pessoa disponível é ótimo, porém, não adianta estar sempre disponível e sair espalhando obras inacabadas na vida das pessoas. Analise seus compromissos e veja se seu tempo hoje lhe permite fazer tantas coisas. Dizer não a si mesmo, quando quer segurar o mundo todo com uma mão só. Dizer não, aos “seus nãos” de quem está com preguiça de servir e usa a desculpa de estar sempre ocupado.

4 – Defina sua área de foco

Não adianta começar o ano atirando para todas as áreas da sua vida e querendo organizar tudo de uma única vez. Escolher uma área de foco e sobre conhecer a si mesmo e saber qual sua prioridade hoje. Dê um tempo bom para essa área, mesmo que você gaste o ano todo para colocar as coisas no lugar. 

5 – Peça ajuda

Ninguém consegue ser organizado da noite para o dia, e ainda mais sozinho! Peça ajuda de pessoas que você percebe que possuem esse justo equilíbrio, que não vive de fazer as coisas de última hora porque esqueceu (e quem não anota, esquece!), e que consegue refletir isso no dia a dia, nas decisões e nas ações que realiza. 

6 – Destralhe

Já parou para fazer aquela faxina exterior e interior? Isso reflete muito na busca por uma vida mais organizada. Destralhe seu guarda-roupa e tenha como meta viver com o essencial. Destralhe aquela estante de livros nunca lidos e doe. Destralhe também seu interior cheio de si e das suas vaidades. Quando a gente vai organizar o dia ou a casa, não colocamos coisas em cima de coisas, é preciso ter espaços vazios para preencher. Isso vale para as coisas que você deseja fazer também…

Organização e aceitação dos limites

Organizar, planejar e ter tudo no lugar é sobre muitas outras coisas também, principalmente sobre andar passo a passo. A vida organizada começa quando eu aceito que sou um ser limitado, que só tenho dois braços e a força da graça para viver cada coisa ao seu tempo. Comece devagar, porém, comece! Caminhe sem pressa, pois a pressa elimina toda chance de boa realização dos seus atos. Entenda que o urgente exige agilidade e não velocidade, e que ser ágil em um mundo tão exigente é sobre saber parar, pensar e definir percursos menores e práticos, e não sobre fazer todo longo percurso correndo…


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *