Formação

Profetas demais

comshalom

O nosso, Senhor, é um mundo repleto de profetas. Estão nos templos, nas ruas, nas emissoras de rádio e de televisão, nos encontros, nos estádios, nos salões; em toda a parte. E o que fazem? Garantem milagres, mensagens, visões e até dão lugar e data e hora do milagre que acontecerá.

Falam em teu nome; dizem que estás mandando dizer aquilo que dizem. Garantem que são teus interpretes. O nosso é um mundo com milhões de profetas. É que, nesses tempos de mídia forte e de intenso marketing religioso profetas aparecem, ganham status, são vistos como alguém que fala contigo e que tem um contato íntimo com o céu.

São vistos como gente que sabe tudo o que está na Bíblia e entendem do presente, do passado e do futuro. São os novos Elias, Jeremias e Moisés. Multidões passam horas a ouvi-los. Eletrizam o povo. Alguns realmente o são. Suas vidas simples e bonitas traduzem isso. Mas muitos abusam do status, mesmo sem ter a estatura de um profeta. E se alguém os questiona, usam do poder que possuem. Retaliam e silenciam este irmão incômodo.

Dá-me, se posso pedir mais uma graça, a graça de nunca, jamais cair nessa tentação na qual caiu Salomão que se promoveu como o mais sábio, o maior e até garantiu que te vira duas vezes. Se eu for profeta, que nem perceba que fui e se tiver que ser, que eu saiba ser com humildade de pequeno profeta que sabe admite que há outros bem maiores no mesmo vídeo e o mesmo canal…

O mundo está cheio de profetas. O tempo dirá se o são de fato. Pelo que tenho visto e ouvido, a maioria gostaria de ser, mas não é. É que bons profetas não mentem. Mas eles enganam e mentem. E, o que é pior: sabem que estão enganando e mentindo. Liberta-nos Senhor dos que dizem que tens um recado especial dado por meio deles. Se isso não for possível, dá-nos ao menos a graça de saber quem é e quem não é. É triste seguir quem diz que sabe, mas não sabe nem sequer de onde veio, quanto mais para onde vai. Livra teu povo desses vaidosos filhos de Ceva e Simões Magos do nosso tempo. (At 8,9-13; At 19,14)

Padre Zezinho, SCJ


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *