Formação

Reflexão da quarta-feira santa

comshalom

O Evangelho de Mateus nos relata a traição de Judas e o anúncio que Jesus faz de sua própria morte. O evangelista se serve da última ceia como cenário de seu relato.

Nos preparativos da Páscoa, enquanto os outros discípulos se preocupam com o local do jantar, Judas se encontra com os sumos sacerdotes para vender Jesus, o verdadeiro Cordeiro Pascal.
“Ao cair da tarde” todos estão reunidos no Cenáculo para a celebração pascal. Jesus anuncia que um deles o irá trair. Judas Iscariotes pergunta a Jesus se, por acaso, será ele, e o Mestre responde: “Tu o dizes”.

Esse “Tu o dizes”, que aparentemente pode ser interpretado como uma devolução da pergunta, também pode ser entendido como uma oportunidade dada por Jesus a Judas para que reflita sobre o que está fazendo, para que tome consciência. Judas, traindo o Mestre, realizará um ato livre, consciente e desejado por ele mesmo. Será um “não” à amizade do Senhor.
Reflitamos a ação de Jesus. Sabe que está sendo traído por um discípulo, que será negado por outro e abandonado pelos demais. Contudo, o Senhor se mantém fiel ao seu propósito de, livremente, dar sua vida em redenção de todos. Será um “sim” irrevogável ao Pai, apesar de toda a paixão que se avizinha.

Judas o trai com um gesto de amizade, um beijo! Inicia-se, a partir daí, o sacrifício redentor de Cristo. Celebremos com intensidade, nos próximos Dias Maiores do Tríduo Pascal, a Paixão e Morte do Senhor, para celebrarmos com alegria a sua Ressurreição.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *