Formação

São Brás

comshalom

São Brás nasceu no seio de uma família pomposa, de pais nobres; recebeu educação cristã e se consagrou como Bispo quando era ainda muito jovem. Ao começar a perseguição aos cristãos, por inspiração divina, retirou-se a uma cova nas montañas, frequentada por feras selvagens, às quais o santo atendia e curava quando estavam doentes.

Pouco depois, uns caçadores foram em busca desses animais para as apresentações no anfi-teatro, mas São Brás os espantou e foi capturado. Ao enterarem-se que ele era cristão, o conduziram diante do governador Agrícola, quem o mandou açoitar e ser preso no calabouço, privado de alimentos. Logo, foi torturado para que negasse a sua fé, mas o santo se manteve firme, o que implicou posteriormente a ordem para que fosse decapitado.

São Brás foi um Pastor muito querido pelos fiéis de sua grei. Durante o seu cativeiro, na escuridão do calabouço, obteve de presente de algum de seus amigos um par de velas, com as quais recebia luz e calor. Por isso, na representação iconográfica, o santo aparece portando duas candelas. A tradição da "Bênção de São Brás", ou "Bênção das gargantas", que se faz cruzando duas velas sobre as gargantas, se atribui a um milagre que o santo fez em vida, quando curou uma criança que morria engasgada com um osso na garganta.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *