Formação

São João Batista Vianney, o Cura d’Ars

comshalom

<!– /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-520092929 1073786111 9 0 415 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-unhide:no; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; margin-top:0cm; margin-right:0cm; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;}.MsoChpDefault {mso-style-type:export-only; mso-default-props:yes; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;}.MsoPapDefault {mso-style-type:export-only; margin-bottom:10.0pt; line-height:115%;}@page WordSection1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;}div.WordSection1 {page:WordSection1;}–>

João Maria Batista Vianney (1786-1859) nasceu em Dardilly,França no dia 8 de maio de 1786 filho de um criador de ovelhas. Na idade de 20anos começou a estudas para ser padre mas foi recrutado e teve que entrar noexército. Desertando ele voltou para casa em 1810 e foi para o seminário deLyons em 1813.Joao foi ordenado por causa de sua bondade, porque normalmentenão poderia ordenado devido as suas dificuldades nos estudos especialmente no Latin, língua exigida pararezar a missa na época. O Abade Balley de Ecully pessoalmente interveio para queJoão fosse designado para Ecully. Em 1813 ele tornou-se Cura como Pastor deArs, o Cura d’Ars. Sua missão era conduzir o confessionário, e até o final desua vida ele ficou 17 a 18 horas por dia administrando o sacramento daConfissão, Penitencia ou Reconciliação para milhares que viam a Ars. Ele ajudoua fundar "La Providence" , uma casa para crianças órfãs eabandonadas. João era dotado de um espirito de discernimento e lia almasconseguindo que católicos relapsos voltassem a ser bons e devotados cristãos.Ele também construiu um santuário a Santa Filomena, um local que logo tornou-seum santuário muito popular e com grande peregrinação e devotos. Por 30 anos elesofreu vários ataques alguns de seus colegas padres que o acusaram que ele eramuito ignorante para ser o Cura d’Ars. Mas mais tarde, reconhecido como omelhor "Cura D’Ars" , ele recusou todas as honras e promoções que lheforam oferecidas e morreu em Ars em 1859. Foi canonizado em 1925 e foi indicadopelo Papa o padroeiro dos padres paroquiais.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *