Shalom

Seguir e levar Cristo às periferias do mundo

A missão da Comunidade Shalom nos países africanos que receberão a visita de Papa Francisco no próximo mês de setembro.

No final do mês passado, Papa Francisco anunciou que fará uma viagem apostólica em setembro a Moçambique, Madagascar e Ilhas Maurício. A Comunidade Shalom está presente em dois desses três países do continente africano.

Os primeiros missionários da Comunidade Shalom chegaram a Maputo, capital de Moçambique, há dois anos. Encontraram um país devastado pela pobreza e por doenças incontroladas. Atualmente o país sofre as consequências do terrível ciclone Idai. Não obstante tantas dificuldades, o povo traz esperança nos olhos e alegria no coração.

Diante de tal contexto, a Comunidade Shalom deseja ser uma resposta para as necessidades do povo moçambicano, sabendo que a maior delas é Deus mesmo. A experiência com o Seu amor devolve o senso da dignidade pessoal e oferece uma esperança nova, abre novos horizontes.

“Quando a Comunidade Shalom chegou eu estava no fundo do poço, estava nas trevas, sem sentido de vida… quando eu descobri a Comunidade Shalom, aquilo mudou minha vida. É um carisma que alcança os jovens e os coloca no caminho correto, e eu fui um desses jovens. Minha vida começou a ter sentido. É como se eu tivesse uma luz dentro de mim que eu não conhecia, e que eu descobri. Meu coração se abriu e eu comecei a me aproximar de Deus, a falar com ele dia após dia. Estou caminhando, crescendo na fé. E sou muito grata ao carisma Shalom!”, afirma Emilia Ramos, 24, jovem moçambicana.

Em Madagascar, a Comunidade está presente há mais de 10 anos. No país, 90% da população é pobre, as crianças são desnutridas, um pai de família ganha em torno de um real por dia e não existe salário base para comprar roupas e alimentos. O povo acolhe o anúncio do amor de Deus que se expressa na ajuda material, na assistência concreta, na proximidade dos missionários, e assim tem a vida transformada.

“O povo que não tinha esperança e pouquíssima dignidade, depois que a Comunidade chegou, há 11 anos, é possível contemplar e ver no rosto do povo malgaxe, uma alegria e uma esperança diferente, um desejo de conhecer a imagem de Deus e ter uma experiência com Seu amor”, partilha Vanda Santos, missionária da Comunidade de Vida em Madagascar.

A visita do Papa em setembro é expressão do seu desejo de levar a esperança do Evangelho às periferias do mundo e da sua convicção de que exatamente ali está Cristo, ali o missionário é chamado a segui-Lo e a anunciá-Lo. A Comunidade Shalom, por graça de Deus, já o experimenta.

 

_________________________________

Você também pode ajudar a levar esperança para o continente africano!
Ajude-nos a evangelizar!

BANCO DO BRASIL

AG. 1292-0
CC. 20.400-5
Quero Partilhar

CAIXA ECONÔMICA

AG. 668 OP. 003
CC. 2046-7
Quero Partilhar

BRADESCO

AG. 0769
CC. 4880-1
Quero Partilhar

ITAÚ

AG. 8789
CC. 24864-1
Quero Partilhar


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *