Notícias

Seis capitais brasileiras se unem em prol do Hallelluya Solidário

O Halleluya Solidário é um Festival que vai unir culturas diferentes em vista de uma causa maior.

O jingle do festival Halleluya entoa todos os anos “este é o som que nos une numa só canção”, ou seja, a unidade já é uma marca do Festival e não é só na música.

A solidariedade sempre foi um dos objetivos do Halleluya e, neste ano, justamente devido às consequências da Pandemia do Covid-19, não seria diferente. Há mais de 20 anos em Fortaleza, atualmente, o Festival acontece também em outras capitais do Brasil como Rio de Janeiro, São Luis, Teresina, Natal e São Paulo. Todas elas estarão unidas na Live show do Halleluya Solidário no próximo domingo (07), a partir das 19h.

As participações das missões da Comunidade Católica Shalom que também promovem o Halleluya se dará de diversas formas. Com atrações artísticas, como é o caso da missão de Natal (RN) com a banda local Ecoar, e São Luís (MA), ao som do reggae da banda Shalom Hoots. As demais missões vão apresentar as ações solidárias que já desenvolvem nesses estados e ajudam milhares de pessoas em situação de rua ou que vivem realidades de dependências químicas.

“Acredito que todas as capitais que realizam o Halleluya, participando dessa ação solidária, tornam mais visível toda a ação e torna viável um possível crescimento no valor arrecadado e também no número de instituições beneficiadas”, afirma o missionário e um dos organizadores do Halleluya Natal, Caio Rodrigues.

Na capital potiguar, o evento ocorre há 10 anos e no ano passado atingiu um público de 103 mil pessoas, público que Caio acredita que também irá se engajar na solidariedade da edição online do Halleluya.

Solidaridade

Além das missões, mais de dez atrações musicais nacionais se unem ao evento que beneficiará o projeto Amigo dos Pobres da Comunidade Católica Shalom, a Obra Lumen, a Fazenda da Esperança e o Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). Na “playlist” dos artistas, está Missionário Shalom, Adoração e Vida, Rosa de Saron, dentre outros.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *