Institucional

Deus me deu a maior prova de amor da minha vida

WP_20150124_044Olá! Sou Jhonatan da Silva Sousa, tenho 17 anos e hoje sou totalmente grato a Deus por Sua misericórdia em minha vida. Nasci em um lar cristão, sou batista (igreja Batista) de berço, filho de Pastor e sempre ouvia falar de um Deus que abriu o Mar Vermelho, fez milagres, mas nunca O havia conhecido. Minha infância foi ótima, graças a Deus, mesmo não tendo um pai muito presente em minha vida.

Aos 11 anos, eu me mudei para o Rio de Janeiro e tudo mudou, comecei a me isolar, pois em minha escola sofria muito por não aceitar viver como os outros adolescentes. Na igreja, eu também sofria muitas humilhações até que um dia eu me revoltei e desisti da igreja. Comecei a ir apenas forçado, foi quando eu caí. A primeira coisa que perdi foi a inocência, depois vieram as decepções, eu não conseguia mais amar, não confiava em ninguém, odiava todos, não conseguia ser feliz. Cheguei a um ponto tão miserável de vida que eu já não tinha mais nada. “Eu estou só”, era o que eu achava, já não ouvia a voz de Deus, blasfemava contra Ele e buscava pessoas que me escutassem. Então, comecei a viver uma vida de prazeres, usava umas máscaras pretas, já não sabia mais quem eu era, não tinha mais sentido de vida. Por diversas vezes, o inimigo me tentava a tirar a única coisa que ele não conseguia: minha vida. Mas Deus sempre me protegeu. Com tudo o que eu era, Ele me amava.

Vim morar em Cruzeiro do Sul (AC), onde conheci a Comunidade Católica Shalom por meio de minha namorada. Ela me convidou para uma vigília de jovens, onde abri meu coração para o Senhor. A semente foi plantada. Minha namorada me convidou para ser aconselhado por alguém do Shalom, mas eu não queria ir, pois não acreditava que alguém pudesse me ajudar. Ela me disse a seguinte frase: “Só vai, e você vai ver que sua vida pode mudar”. Acabei indo e hoje digo que valeu a pena.

Eu ainda não tinha tido uma experiência com Deus, não tão forte. Foi então que em uma quarta-feira tive um desejo muito forte, como se Deus me chamasse. Larguei tudo e fui ao Shalom. Quando cheguei, ia começar a Noite de Louvor. No momento de oração, Deus veio até mim, sarou minhas feridas. Durante um momento que se chama efusão do Espírito Santo, Ele me deu a maior prova de amor da minha vida: o perdão. Ele me disse que nada do que eu fizera antes importava, Ele já havia me perdoado. Então, Ele pôs minha cabeça em seu ombro e me chamou de filho…

Hoje eu sei o quanto Deus me ama, sei que Ele sempre esteve comigo em todas as noites em que eu chorava, orava pensando que Ele não me ouvia, não me amava, mas, na verdade, Ele chorava comigo. Ele me salvou e hoje não pertenço mais a mim, mas Àquele que me amou primeiro. Pela graça de Deus, tenho a certeza de minha salvação, sei que só Ele pode preencher o vazio do meu coração, que me cansava tanto. Eu não tinha nada e Ele me deu tudo: vida, felicidade, o verdadeiro Amor.

Hoje sei que ser feliz é ser de Deus, quero me consumir por inteiro, dar meus dias ao meu Senhor, e segui-Lo para onde Ele me enviar. O meu “sim” hoje a Deus é para sempre ser Shalom! Toda glória, honra e louvor sejam dados a Deus, que vive e reina hoje e sempre. Amém.


Comentários

[fbcomments]

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Belo testemunho, acreditar e confiar em Jesus que ele tudo fará,tenho certeza que é disso que ele quer de nós servos dele, que tudo vai passar as dores as tribulações, as aflições, tudo pode ser mudado se cremos, hoje eu decidir esperar suas decisões Jesus….
    Como o mesmo disse hoje eu sei que tudo foi perdoado quando deixei ele mim tocar…
    Parabéns meu irmão, Recomeçar sempre sem desistir jamais.