Institucional

Você não tem momentos de diversão? Cuidado, sua vida corre perigo

comshalom

A felicidade e as risadas produzidas pela diversão trazem grandes benefícios para a saúde

D4

O trabalho, os problemas, as múltiplas obrigações, as pressões, o lar, os conflitos: tudo isso nos faz esquecer o quão importante é divertir-se para o nosso bem-estar emocional.

As atividades de lazer oferecem incríveis benefícios à saúde física e mental, já que melhoram o humor, fortificam a motivação e aumentam a tolerância ao estresse. A diversão é esse respiro que damos ao corpo para recarregar baterias e receber a fortaleza necessária para enfrentar os diferentes desafios da vida.

Diversão X rotina

Para divertir-se, não é preciso estar de férias permanentemente nem gastar dinheiro. Basta divertir-se com as coisas pequenas e lutar continuamente contra a perigosa ameaça da rotina. Por isso, é importante aprender a divertir-se o tempo todo, dando a cada dia um tom alegre e positivo, propiciando espaços de distração continuamente.

Como afirma Fernando Azor, diretor do Centro de Psiquiatria e Psicologia Clínica e Jurídica de Madri, “o ócio é uma forma de desconexão cuja utilidade psicológica está especialmente centrada em favorecer nas pessoas uma ruptura com outras atividades realizadas cotidianamente”.

O médico continua: “Em si, ‘mudar’ já é terapêutico. De fato, quando a pessoa sente que está cansada ou entediada com sua vida cotidiana, é mais importante que faça coisas diferentes, ainda que exijam esforços físicos, do que passar horas deitado na cama ou no sofá. A mente descansará mais e o benefício pessoal também será maior”.

O que fazer para divertir-se?

Isso depende dos gostos individuais. Podem desfrutar de um filme, de ouvir música, caminhar ao ar livre ou no campo, cozinhar com os filhos, passar uma tarde com a família, fazer artesanato, praticar a arte, a culinária, a jardinagem, cuidar de animais, dançar… Enfim, qualquer atividade saudável é válida para a recreação.

Outros, pelo contrário, já se esqueceram até do que é o lazer e até apagaram da sua mente as atividades de que gostavam. Para esse tipo de pessoas só há espaço para o trabalho e demais deveres. Os conflitos constantes fazem que o sorriso se perca e os tempos felizes sejam escassos, com os seguintes pretextos: “Não tenho tempo para lazer”, “Tenho coisas mais importantes para fazer”, “A diversão é para os irresponsáveis”.

A vida dessas pessoas pode estar em perigo e, se este for o seu caso, fique alerta e não se permita cair em um estado mental de depressão, estresse extremo ou doenças físicas provenientes do seu estilo de vida atual.

O mais provável é que, no começo, seja difícil habituar-se com a recreação, e algumas vezes você poderá se sentir culpado, pensando que isso é uma perda de tempo. No entanto, quando começar a sentir esse alívio, notará uma sensação de bem-estar e liberdade indescritíveis.

Benefícios para a saúde

Assim como nosso corpo precisa dormir e descansar para repor-se e poder funcionar adequadamente, precisamos nos divertir para recuperar-nos do desgaste emocional e psicológico. As risadas e a felicidade produzidas pela diversão oferecem muitos benefícios, entre eles:

– Melhoram a respiração e a circulação, favorecendo o coração.
– Ajudam na digestão.
– Fortalecem o sistema imunológico.
– Liberam endorfinas, que eliminam naturalmente a dor e produzem uma sensação de bem-estar geral.
– Redizem a tensão e a ansiedade.
– Melhoram os relacionamentos.
– Permitem desenvolver uma atitude positiva diante da vida.
– Favorecem a autoestima.

Teste sua capacidade de divertir-se

As seguintes perguntas o ajudarão a refletir sobre sua capacidade de divertir-se e relaxar:

– Quanto tempo por semana você dedica à diversão, ao descanso e ao ócio?
– Tudo na sua vida é trabalho, preocupação, estresse, conflitos?
– O que você faz para fugir dos problemas?
– Como você se diverte em família?
– Com que frequência você passa um tempo com seus amigos?
– Quando quer relaxar em um momento de tensão, em que você pensa?
– Que atividades você poderia realizar para acabar com a rotina?
– Quanto tempo por semana você dedica a você e só a você?

 

Fonte: Aleteia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *