Notícias

18ª edição do Halleluya trouxe novidades para o público

Estiveram no palco principal do Halleluya o DJ Roony Moura, o cantor Diego Fernandes e a banda Missionário Shalom.

comshalom

A 18 ª edição do Halleluya trouxe novidade para o público ludovicense. Uma estrutura nova, pronta para oferecer mais conforto aos participantes foi montada na Praça Maria Aragão pela Comunidade Católica Shalom, que realiza o evento. Uma tirolesa que atravessa a Arena de Shows, ligando os dois espaços do evento foi montada para oferecer uma visão diferente do evento. Foi montado também um espaço especial para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, idosos e a novidade este ano foi intérpretes de libras.

Aproveitamos os dois espaços

“Aproveitamos os dois espaços, a Praça Maria Aragão, que fica na parte de baixo e a Praça Gonçalves Dias, na parte de cima, para unir os dois públicos, com uma tirolesa, em especial os jovens. Para eles foi montado o Espaço Desperte, com uma programação especial, shows, pista de skate, tenda eletrônica para integra-los a programação”, contou o coordenador do evento Eduardo Doretto.

Estiveram no palco principal do Halleluya o DJ Roony Moura, o cantor Diego Fernandes e a banda Missionário Shalom. “A tirolesa foi uma experiência diferente, eu gosto de emoções fortes e quis experimentar, mas não esperava que fosse no meio do show”, contou a nova vocalista da Banda Missionário Shalom, Mylene Otou. A cantora também experimentou pela primeira vez o refrigerante maranhense “Jesus”. “Gostei muito, é diferente, parece comigo, doce” contou ela. Quem também se divertiu com a experiência radical foi o cantor Diego Fernandes.

Participando pela primeira vez do Halleluya com mais duas irmãs da sua ordem, a freira Iris Câmara, que está há 21 anos na vida religiosa, elogiou a iniciativa da Comunidade Católica Shalom em promover o Halleluya.

“Para mim está sendo uma experiência nova e maravilhosa. É uma oportunidade única para muitos jovens conhecerem e experimentarem um pouco do amor de Deus. O espaço, a programação, tudo está propiciando essa experiência deles e na linguagem deles”, contou a irmã que é freira da Ordem Mínima do Sagrado Coração Franciscana.

Programação diferenciada

“Todos os anos eu participo do Hallelulya, dos cursos, do Seminário de Vida, dos momentos de oração. Para mim é um momento de experiência com Deus, de estar perto dele”, contou a técnica de informática, Larissa Silva. Na arena Halleluya é possível encontrar o carro do Hemomar para doação de sangue, cursos, confissão, adoração e oração e aconselhamento no espaço da misericórdia, espaço kids para crianças, bazar com roupas semi-novas, estandes institucionais e lanchonete.

No sábado (23) o evento começou às 16h com a Santa Missa e logo após será transmitida a final da Copa Libertadores da América, Flamengo x River Plate no telão do evento, logo após a programação de shows continuam normalmente. Estão na programação deste sábado o cantor Clay Viana, DJ Henrique, Naldo José e as bandas Soul Shalom e Rosa de Saron.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *