Formação

A boa nova da família

comshalom

À luz de Aparecida, fica clara a missão da Pastoral da Família: ”Com a alegria da fé, somos missionários para proclamar o Evangelho de Jesus Cristo e, nele, a boa nova… da família”(Aparecida 103).”A família é patrimônio da humanidade”; é “escola da fé”; é lar em que a vida nasce e é acolhida generosa e responsavelmente; é ambiente “insubstituível para a serenidade pessoal e para a educação de seus filhos” (Bento XVI, cf. 114).”Nela se vivem e se transmitem os valores fundamentais da fé cristã”(204), embora seja preciso reconhecer que, hoje, nossas tradições culturais já não se transmitem de uma geração à outra com a mesma fluidez que no passado (cf. 39).

Cristo,” optando por viver em família em meio a nós, a eleva à dignidade de Igreja Doméstica”(115).”Pertence à natureza humana que o homem e a mulher busquem um no outro sua reciprocidade e complementaridade”(116). O amor conjugal é imagem do amor de Cristo por sua Igreja e assemelha-se ao amor fecundo da Santíssima Trindade (cf. 117). Na Santíssima Trindade” nossas famílias têm sua origem, seu modelo perfeito, sua motivação mais bela e seu último destino”(434).

Ao educar os filhos, cada família é chamada a receber a fé, conservá-la, celebrá-la, transmiti-la e dar testemunho dela (cf. 118). Deus ama nossas famílias, apesar de suas feridas e divisões. A oração em família ajuda-a a superar os problemas, a curar as feridas e a abrir caminhos de esperança (cf. 119); o domingo é “dia de descanso, dia da família e do culto ao Senhor” (121).

Para que a família seja “escola de fé” e possa ajudar os pais a serem os primeiros catequistas de seus filhos, a Pastoral da Família deve oferecer espaços de formação, materiais catequéticos e momentos celebrativos que lhes permitam cumprir sua missão educativa. Educar os filhos para o amor é formá-los para o dom de si mesmos, para o serviço, para serem” discípulos de Jesus Cristo”(cf. 303).

“A família cristã está fundada no sacramento do matrimônio entre um homem e uma mulher, sinal do amor de Deus pela humanidade e da entrega de Cristo por sua esposa, a Igreja”(433). Ela é um dos eixos transversais de toda a ação evangelizadora da Igreja.” Em toda diocese se requer uma pastoral familiar”intensa e vigorosa”(Bento XVI, DI 5), para proclamar o evangelho da família, promover a cultura da vida e trabalhar para que os direitos das famílias sejam reconhecidos e respeitados (435).

Várias ameaças pairam sobre a família (cf. 40), mas, com o apoio da Pastoral da Família (cf. 437), a família poderá ser vista como um bem dos povos e de toda a humanidade. Alegrem-se, pois, membros da Pastoral da Família: vocês estão a serviço de um dos mais belos sonhos de Deus!


Dom Murilo Ramos Krieger, SCJ
Arcebispo de Salvador/BA


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *