Formação

A economia da Encarnação redentora

comshalom

Do Tratado contra as heresias, de Santo Irineu, bispo
(Lib. 3, 20, 2-3: SCh 34, 342-344) (Séc. II)

A glória do homem é Deus; mas quem se beneficia das obras deDeus e de toda a sua sabedoria e poder é o homem.

Semelhante ao médico que demonstra sua competência nodoente, assim Deus de manifesta nos homens. Eis por que o Apóstolo Paulo diz:Deus encerrou todos os homens na desobediência a fim de exercer misericórdiapara com todos (Rm 8,32). Referia-se ao homem que, por ter desobedecido a Deus,perdeu a imortalidade, mas depois obteve misericórdia, recebendo a adoção porintermédio do Filho de Deus.

Se o homem acolhe , orgulho nem presunção, a verdadeiraglória que procede das criaturas e do curador , isto é , de Deus todo-poderosoque dá a tudo a existência, e se permanece em seu amor, na obediência e na açãode graças, receberá dele uma glória ainda maior, progredindo sempre mais, atése tornar semelhante àquele que morreu por ele.

Com efeito, Cristo se revestiu de uma carne semelhante à dopecado (Rm 8,3) para condenar o pecado e, depois de o condenar, expulsá-lo dacarne. Tudo isso para incentivar o homem tornar-se semelhante a ele,destinando-o a ser imitador de Deus, colocando-o sob a obediência paterna, afim de que visse ao Deus e tivesse acesso ao Pai. O Verbo de Deus habitou e sefez filho do homem, para acostumar o homem a compreender a Deus e Deus ahabitar no homem, segundo a vontade do Pai.

Por esse motivo, o sinal de nossa salvação, o Emanuelnascido da Virgem (cf. Is 7,11.14), foi dado pelo próprio Senhor; pois seriaele quem salvaria os homens, já que não poderiam salvar-se por si mesmos. Porisso São Paulo proclama a fraqueza do homem, dizendo: Estou ciente de que o bemnão habita em mim (Rm 8,18), indicando que o bem de nossa salvação não vem denós, mas de Deus. E ainda: Infeliz que sou! Quem me libertará deste corpo demorte? (Rm 8,25).

Também Isaías diz: Fortalecei as mãos enfraquecidas e firmaios joelhos debilitados. Dizei às pessoas deprimidas: “Criai ânimo, não tenhaismedo! Vede, é vosso Deus, é a vingança que vem. É a recompensa de Deus; é eleque vem para nos salvar” (cf. Is 35, 3-4). Na verdade, nossa salvação poderiavir de nós mesmos, mas unicamente do socorro de Deus.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *