Formação

A Hóstia Sangrenta em Brigne-Aux- Bois

comshalom

Na Matriz de Brigne-aux-Bois, perto de Sedan, deu-se um fato maravilhoso, quatro vezes consecutivas, que atesta altamente a real presença de Jesus na Santa Hóstia.

Ocorreu pela primeira vez, na manhã do dia 7 de fevereiro de 1870. O vigário celebrava às sete horas a Santa Missa. Depois da elevação, notou em redor da Santa Hóstia, um grande brilho. Apareceram, em seguida, gotas de sangue da imagem do Crucificado, impressa na Hóstia, Eram bolhazinhas pequenas, a borbulharem como uma alfinetada. Ficou perplexo com o fenômeno inexplicável. Desconfiado ser apenas imaginação sua, chamou os dois coroinhas e perguntou se notavam alguma coisa de extraordinário na sagrada partícula.

Eles responderam que viam sangue. Chamou as freiras que assistiam a Missa, e depois, os demais fiéis presentes. Todos afirmaram que havia sangue sobre a Santa Hóstia.

Este fato provocou comentários diversos entre os fiéis. Muitos censuraram ou ridicularizaram o pároco. Por isso, ocultou ele o milagre que se renovou nos dias 29 de abril e 08 de Maio, do mesmo ano.

Mas, da última vez, um estudante notara o prodígio e interpelou o vigário. Este resolveu então, caso se repetisse este fato maravilhoso, guardar a Santa Hóstia e consagrar outra.

No domingo, repetiu-se o milagre. Quando o vigário mandou buscar outra hóstia, todo o povo que estava na igreja subiu ao altar para ver.

Chamaram também, outras pessoas do lugar e assim, mais de seiscentas pessoas achegaram-se do altar, presenciando com respeitosa admiração e profunda comoção, este milagre patente.

Uma rica senhora mandou construir uma nova igreja, onde se conserva, até hoje, a Hóstia Milagrosa em uma capela lateral.

Passados mais de sessenta anos, a Santa Hóstia se conserva intacta Vêem-se, distintamente, os sinais de sangue.

Durante a oitava do Corpo de Deus afluem numerosas romarias de todas as partes, para adorar e venerar esta Hóstia Sangrenta.

Todos voltam para casa, fortalecidos na sua fé em Jesus na Santíssima Eucaristia.

Extraído do livro: Leituras Eucharisticas- Ed. Vozes 1935


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *