Sem Categoria

André Leite e a banda Id2 abrem a segunda noite do Halleluya

andre1

A segunda noite do Halleluya foi aberta pelo cantor André Leite e a banda Id2. Lançando seu primeiro disco solo, de nome “O mundo que eu sou”, o cantor contou emocionado a experiência de subir pela primeira vez ao palco do Halleluya.

“Eu tento explicar, colocar em palavras, mas posso tentar deixar o coração abrir, colocar o que tem aqui dentro pra você, e eu sei que ainda assim não vou conseguir, mas é transbordar em lágrimas, é sentir. Fortaleza é o lugar onde nasci. Tenho uma história muito forte aqui, uma história muito bonita a ser contada que envolve a história de luta da minha mãe pela minha vida e isso eu nunca falei pra ninguém, eu tô falando a primeira vez aqui”, disse.

Recentemente, a banda assinou um contrato com a gravadora Sony Music. André afirmou que o público pode esperar um trabalho em respeito ao que a “Igreja Católica quer passar para a juventude”.

“Hoje a Sony nos apoia por completo, então é isso que o público pode esperar. Nunca nada que deixe de ser o que é, que perca essa essência, isso jamais, porque aí, senão, se torna uma banda sem fundamento, e eu já passei por essa fase na vida. Eu vim da noite, eu era um cantor da música secular e percebi que a música sem Deus perdeu a graça pra mim. Então hoje, pra que a música possa continuar sendo música, ela precisa ser de Deus na minha vida”.

André Leite tem um forte testemunho de superação. Não conheceu o pai, o padrasto teve envolvimento com drogas e álcool, e o cantor sofreu de depressão durante seis anos. Muitos encontram motivação na história de vida dele. Sobre ser um testemunho, André afirma:

“Eu sonho em passar para a juventude que existe o perdão, que existe a misericórdia, que o único e verdadeiro herói subiu na cruz, enfrentou a morte e a venceu por nós. Essa é a minha grande parada, o que eu quero morrer cantando”.

por Redação


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *