Formação

Ascensão do Senhor: Jesus promete estar conosco todos os dias até o fim do mundo

Jesus voltou ao céu em corpo e alma, mas para ficar morando no nosso coração, na Igreja e no mundo pela presença do Espírito Santo. 

comshalom

Neste domingo celebramos a Ascensão do Senhor, evento que ocorreu quarenta dias após a Ressurreição de Jesus. Como o Povo de Deus esteve quarenta dias em seu Êxodo do deserto até chegar à terra prometida, assim Jesus cumpre seu Êxodo pascal em quarenta dias de aparições e ensinamentos até ir ao Pai.  

A Ascensão do Senhor Ressuscitado é narrada por São Lucas em Atos dos Apóstolos 1, 6-8.  Nesta passagem, o Senhor Ressuscitado diz aos que ali estavam reunidos: “Recebereis o poder do Espírito Santo que virá sobre vós, para serdes minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”.

Sua obra de redenção continua no mundo, através da ação da Igreja, através de nossa ação de batizados. Somos os continuadores de sua missão redentora. Ele investe todos nós nessa missão ao dizer: “Toda autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei!” (São Mateus).

São Lucas relata que após estas palavras Jesus foi elevado. Segundo ele, à vista deles uma nuvem o retirou aos seus olhos (At 1, 9). Eles ficaram parados e olhando para o céu enquanto Jesus subia, então, dois homens vestidos de branco apareceram e lhes disseram: “Homens da Galiléia, por que ficais aqui, parados, olhando para o céu? Esse Jesus que, do meio de vós, foi elevado ao céu, virá assim, do mesmo modo como vistes partir para o céu (As 1, 11)”.

Jesus promete estar conosco todos os dias até o fim do mundo. Ó verdade mais sublime! Jesus voltou ao céu em corpo e alma, mas para ficar morando no nosso coração, na Igreja e no mundo pela presença do Espírito Santo.  “Sem a presença do Senhor e a força do seu Espírito, o nosso trabalho, mesmo que bem organizado, resulta ineficaz. E assim vamos aos povos dizer quem é Jesus. Eu não gostaria que vocês se esquecessem qual é o presente que Jesus levou ao Pai: as chagas, porque com elas faz ver ao Pai o preço do Seu perdão” (Papa Francisco).


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *