Shalom

Assunção ou Ascensão do Senhor?

comshalom

 

Quem nunca se atrapalhou ou se questionou sobre o significado e as diferenças das palavras, Assunção e Ascensão, que jogue o primeiro “like” ou confirme nos comentários. De fato, por serem parecidas na pronúncia, muitas pessoas confundem o que realmente elas representam, e ao fazer o trocadilho, se perde totalmente o sentido litúrgico e espiritual da contemplação ou da solenidade.

Então vamos descobrir quais as diferenças entre uma solenidade e outra, cuja a Igreja celebra em datas, liturgias e festas distintas.

Ascensão do Senhor

Hoje a Igreja celebra a Ascensão do Senhor, uma festa móvel comemorada quarenta dias após a Solenidade da Páscoa, onde somos convidados a fixar nossos olhos no Céu, lugar este, onde o Senhor nos convida a morar eternamente. O Catecismo da Igreja Católica afirma que “a elevação sobre a cruz significa e anuncia a elevação da ascensão ao céu” (n. 661). 

Quando Jesus, após passar 40 dias convivendo com seus discípulos depois da ressurreição, e “ascende” à Cidade Santa, na presença deles, não significa que ficou um vazio entre seus amigos, pois são Paulo diz, No céu, Cristo exerce em caráter permanente seu sacerdócio, por isso é capaz de salvar totalmente aqueles que, por meio dele, se aproximam de Deus, visto que ele vive eternamente para interceder por eles” (Hb 7,25). Jesus está sentado corporalmente e como homem também à direita do Pai, como rezamos na oração no Credo, em sua carne gloriosa, honra e divindade.

Porém, ter alguém no céu intercedendo por nós, não significa que iremos relaxar na nossa fé, como São Paulo lembrou os filipenses: “nós somos cidadãos do Céu” (Fl 3, 30) e sendo assim, devemos viver com os pés na terra e com o coração no céu, a nossa pátria definitiva.

A Ascensão é do Senhor, pois ascender significa subir por sua conta. Cristo vai ao céu pelo seu poder. Ninguém o leva.

Assunção de Nossa Senhora

Assunção é da Virgem Maria, ela foi levada ao céu pelos anjos. O Dogma da Assunção de Nossa Senhora foi proclamado, solenemente, pelo Papa Pio XII no dia 1º de novembro de 1950 e sua festa é fixa, celebrada no dia 15 de agosto. 

“A Assunção de Maria é um grande mistério que diz respeito a todos nós, sobre o nosso futuro. Maria nos precede na estrada para a qual são encaminhados aqueles que, diante do Batismo, ligaram a sua vida a Jesus, como Maria entrelaçou a Ele a sua própria vida.”, disse Papa Francisco.

Talvez agora, depois destas explicações, será mais fácil entender e contemplar os mistérios gloriosos na recitação do terço e participar melhor das missas durante as solenidades destas festas.

Angela Barroso


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *