Formação

Bento XVI – um perfil biográfico

comshalom

Ele é um bom pianista. É um papa de palavras, mais do que de gestos. Mesmo brilhante cardeal, a escolha de Joseph Ratzinger foi uma surpresa para muitos, que o encaravam como guardião da ortodoxia. “Foi um papa (in)esperado”, resume o jornalista António Marujo, autor de Bento XVI – Um perfil biográfico, lançamento de Paulinas Editora.

Em 20 de abril de 2005, um dia após o conclave que elegeu Joseph Ratzinger para comandar a Igreja Católica, algumas notícias em Roma pareciam indicar um aroma de mudança no ar. Os próprios participantes do conclave, os cardeais, se surpreenderam com a escolha do nome. Esperavam o óbvio: João Paulo III, o que marcaria uma gestão em linha com os pontificados anteriores, especialmente o de Karol Wojtyla.

O nome escolhido por Ratzinger, “Bento XVI”, assinalou imediatamente uma ruptura, uma vontade de marcar a diferença. Dois dias depois de eleito, explica, primeiros aos cardeais e mais tarde ao público, a escolha do nome, advindo de uma dupla inspiração: são Bento, padroeiro da Europa, e Bento XV, que guiou a Igreja durante a I Guerra Mundial.

Às vésperas do segundo aniversário deste pontificado, é ainda prematuro adivinhar o que Bento XVI fará. Neste perfil biográfico, Marujo tenta inferir, a partir dos sinais mais evidentes nos primeiros doze meses de atuação do líder da Igreja Católica, pelo seu estilo reservado e discreto, pelos textos marcantes e casos polêmicos, o que ele pode significar para o futuro, não apenas do pontificado, mas da própria Igreja Católica e dos cristãos.

A partir de pesquisas dos documentos oficiais amplamente citados e do que o próprio papa foi dizendo e fazendo, o autor, “sem omitir o olhar jornalístico de quem escreve”, procura evidenciar as formas sutis pelas quais o cardeal Joseph Ratzinger procurou imprimir a seu pontificado as linhas mestras da própria vida e pensamento.

Bento XVI – Um perfil biográfico de António Marujo
Paulinas Editora

Fonte: CNBB


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *