Institucional

Boulevard Olímpico é a nova casa do Halleluya Rio

O Halleluya Rio está de casa nova e promete levar a expressão do melhor da música católica para um dos novos points culturais do Rio de Janeiro, o Boulevard Olímpico.

comshalom

O Halleluya Rio tem casa nova neste ano. Em sua sétima edição na Cidade Maravilhosa, o festival de artes integradas promovido pela Comunidade Shalom promete levar a expressão do melhor da música católica para um dos novos points culturais do Rio de Janeiro, o Boulevard Olímpico. O evento, que acontece de 27 a 29 de outubro, vai contar com a participação de bandas consagradas no meio como Rosa de Saron, Missionário Shalom e Alto Louvor, além de cantores como Davidson Silva e Ana Gabriela. A programação também terá novidades: pela primeira vez ID2, Claudio Castro, Emanuel Stênio, Higor Fernandes e Jadir Barcellos vão se apresentar no palco do Halleluya Rio.

Nascido em Fortaleza (CE) como uma proposta de evangelização dos jovens, o Halleluya tem vários ambientes. Um deles é o Espaço da Misericórdia, que possui uma tenda de adoração a Jesus Sacramentado, além de um espaço onde sacerdotes se revezarão durante os três dias de evento para ministrar o sacramento da confissão a todos os participantes que desejarem. O espaço também oferecerá atendimento de oração e aconselhamento, feito por missionários da Comunidade Shalom e por membros de Novas Comunidades do Rio de Janeiro.

Para o arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani João Tempesta, o Halleluya é uma oportunidade de promover a cultura de paz na cidade tão marcada pelas mazelas da violência. “Nesse tempo de tantas dificuldades e más notícias queremos dar uma boa notícia: a beleza da construção de uma cultura de paz, de fraternidade, de alegria, que todos que participam do Halleluya transmitem. Prepare-se e venha participar conosco. Tenho certeza que será uma ótima notícia e uma bela oportunidade para a cidade e região”, disse o cardeal, que vai presidir a Adoração no dia 28 de outubro.

Além de música e espiritualidades, o público poderá exercer sua fraternidade e engajamento social levando um quilo de alimento não perecível, que será entregue à Missão Amor que Cura. Pelo terceiro ano consecutivo, a organização do Halleluya firmou parceria com o Hospital São Francisco na Providência de Deus, que mantém essa ação social, visando levar conforto e alimento às comunidades assistidas pelo projeto, entre elas, a de Jardim Gramacho.

Uma experiência com o amor de Deus

O Halleluya Rio não é somente um festival de artes integradas. O evento objetiva ser um anúncio do Kerigma e uma oportunidade de experiência com o amor de Deus. É em vistas disso que toda a programação é organizada, bem como a disposição e decoração dos espaços são preparados.

Muitos são os testemunhos de pessoas alcançadas por Deus nestes sete anos de Halleluya Rio. A jovem Karen Fontella, de 18 anos, é uma delas. Ela conta que ficou impressionada com o silêncio do público do festival durante a adoração e com o acolhimento que recebeu de todos os missionários envolvidos na organização do evento.

“Meu primeiro Halleluya foi em 2014. Eu fui com os jovens da minha paróquia e lá eu tive uma forte experiência com Deus. Na última adoração do Halleluya, eu tive uma forte experiência com o Amor de Deus que é Pai, que é misericordioso, que viu as minhas feridas e me amou mesmo assim. E é essa experiência que eu carrego. Foi depois dessa experiência que eu fui batizada e fiz minha primeira comunhão e fui crismada”, contou.

Programação

No primeiro dia do Halleluya Rio, sexta-feira, 27 de outubro, a programação vai começar às 17h e contará com a apresentação de Davidson Silva, Rosa de Saron e Jadir Barcellos, além do espetáculo “O Canto das Írias”. No sábado, os shows terão início às 16h com apresentação de Emanuel Stênio, Missionário Shalom, ID2 e Cláudio Castro no palco principal do evento. Haverá também neste dia uma apresentação especial da Schola Cantorum, do Seminário Arquidiocesano de São José. Fechando a programação desta sétima edição, o domingo terá início às 15h, com a Santa Missa, seguida dos shows de Higor Fernandes, Ana Gabriela, Alto Louvor e Cosme. A ordem das apresentações dos artistas nos dias do Festival, entretanto, não foram divulgadas.

SERVIÇO

Halleluya Rio

Data:  27, 28 e 29 de outubro

Local: Boulevard Olímpico

Mais informações: festivalhalleluya.org/rio/


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *