Brasil

Brasil sedia encontro da rede cristã contra o tráfico humano

No Brasil o tráfico de seres humanos se encontra como a terceira maior fonte de renda gerada pelo crime organizado, perdendo apenas para o tráfico de armas e drogas.

comshalom

A capital brasileira sedia a partir desta sexta-feira o Encontro Bienal da Rede de Organizações Cristãs contra o Tráfico de Seres Humanos (COATNET).

Até o dia 14, especialistas do mundo inteiro debaterão três pontos prioritários: o tráfico da indústria marítima, o tráfico de exploração trabalhista e o tráfico em situações de conflito e crise. O principal objetivo do encontro é melhorar a capacidade dos membros da Rede no desenvolvimento de estratégias de incidência política.

Representantes de vários grupos religiosos e organizações que trabalham para erradicar o tráfico de pessoas na América Latina e no Caribe vão compartilhar as experiências vividas no enfrentamento ao tráfico, entre elas a Aliança Anglicana e o Exército da Salvação. A partir deste evento, a COATNET pretende implantar um banco de dados para compartilhar projetos.

Tráfico de Pessoas

No Brasil o tráfico de seres humanos se encontra como a terceira maior fonte de renda gerada pelo crime organizado, perdendo apenas para o tráfico de armas e drogas.

Sobre a COATNET

A Rede de Organizações Cristãs contra o Tráfico de Seres Humanos (COATNET) é constituída por  diversas organizações católicas, protestantes e ortodoxas, além de congregações religiosas.

Os membros compartilham um compromisso conjunto de trabalharem juntos para combater o tráfico de pessoas e ajudar as que são ou foram traficadas. As iniciativas da Rede Contra o Tráfico de Seres Humanos estão fundamentadas em valores e princípios cristãos compartilhados, como a inviolabilidade da dignidade humana, a solidariedade com os pobres e a não-violência.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *