Shalom

Canto das Írias: Evangelização através das artes

O espetáculo O Canto das Írias encerrou a programação do segundo dia do retiro de carnaval Renascer, na última segunda-feira (24), em Juazeiro do Nort

comshalom

Produzido pela Companhia de Artes da Comunidade Católica Shalom, o espetáculo “Canto das Írias” é uma das marcas registradas nas edições do Renascer. A apresentação que mistura o diálogo e a dança prende a atenção de quem vê, e instaura nas pessoas uma emoção que transborda em lágrimas, sorrisos e a lembrança do quão grande é o Amor de Deus para com o homem.

O enredo do espetáculo fala da transformação do ser humano a partir do seu distanciamento com Deus. O homem nasce bom, pois é obra de Deus. “Ele começa com a criação, com a Verdade que é Deus, e ela vai mostrando que tudo foi criado para o homem, mas tudo no tempo certo, mas quando nós queremos usar ao nosso favor, não tendo em conta que tudo isso precisa ser utilizado para Deus, vamos tomando para si e vamos nos perdendo”, explicou Naira Harmony, produtora do espetáculo.

A chegada do personagem Danko deixa no homem confuso quanto a sua liberdade. O personagem representa o demônio e sua insistência em roubar a vida do homem, e é retratado em um diálogo entre os dois personagens. Com isso o homem é atacado pelas Írias, e se transforma em uma delas. As Írias são personagens desfigurados e curvados. Estão assim pelo peso dos seus pecados. Prontos a atacar, são criaturas de garras.

O ápice do espetáculo é a chegada de Jesus. Deus, que é misericordioso, envia seu Filho ao mundo para salvar este homem contaminado pelo pecado, para lembrá-lo que é livre e pode recomeçar, se permitir ser transformado por Ele. No diálogo entre Deus e o homem, ele começa a sentir saudades daquele tempo, e Deus fala que ainda existe tempo para ele se reconciliar consigo mesmo e com Deus. No ‘caminho da passagem’, ele se depara com tudo aquilo que é sua realidade naquele momento, que deixou que fosse pregado em sua carne. É um momento longo e doloroso até a cruz, mas ele não vai sozinho, Deus sempre vai ao seu lado, e permanece com ele no caminho: da cruz à sua experiência de renascer para uma vida nova.

A experiência de quem assiste ao espetáculo são muitas, tanto para quem assiste, quanto para quem participa do elenco. Momentos únicos e de profundo contato com Deus. “É bastante forte, porque o espetáculo é impactante. Quando eu olho para este homem do Canto das Írias, eu me vejo, me reconheço pelas minhas misérias. Mas ao mesmo tempo, eu vejo a Misericórdia Divina, que foi tão imensa que enviou seu Filho ao mundo para morrer e nos resgatar, nos trazer de volta para Ele”, contou o postulante da Comunidade de Aliança, Paulo Alberto, que faz o personagem do Homem.

Essa alegria também é partilhada pelo postulante da Comunidade de Aliança, Marcos Kelvin, que interpreta Jesus. “Renova minha experiência com o Amor de Deus, porque eu olho muito para a minha história, para as minhas misérias, as minhas fraquezas, e vejo o quanto Deus vence a cada dia, o poder a transformação de Deus a cada dia. Quando eu não tenho mais forças, assim como no Canto das Írias, Ele vai me levando nos braços, nessa experiência de Cruz e Ressurreição, mesmo. Eu me sinto renovado em cada espetáculo”, enfatizou.

Os testemunhos são frutos do trabalho de evangelização através da arte. “O palco é a terra de missão do artista”, conta Naira. O ser humano é atraído pela beleza, essa chega sem pedir licença e toca os corações daqueles que prestigiam cada apresentação. O espetáculo O Canto das Írias encerrou a programação do segundo dia do retiro de carnaval Renascer, na última segunda-feira (24), em Juazeiro do Norte.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *